quarta-feira, 6 de março de 2019

CARNAVAL 2019: Quatro mulheres foram mortas no Ceará durante o fim de semana prolongado de folia


Quatro mulheres foram assassinadas no Ceará durante o período de Carnaval. Uma deles acabou morta a tiros pelo próprio marido, um policial militar, que praticou o suicídio logo depois de balear também um jovem. A tragédia familiar aconteceu na cidade de Paracuru (a 100Km de Fortaleza) na madrugada de domingo (3).
A vendedora Maria Antônia Tatiane de Castro Maia, 37 anos, foi atingida por quatro tiros de pistola calibre Ponto 40 (.40), disparados pelo marido, o sargento da Polícia Militar, Álisson Carlos de Lima da Silva, 42 anos, que era destacado no Batalhão de Polícia de Guarda Externa de Presídios (BPGE). O casal passava o carnaval na casa de amigos, na Vila São José, quando ocorreu o crime. Um rapaz identificado por Rafael, filho do dono da casa, foi também baleado pelo militar e está internado em Fortaleza, no IJF-Centro. O PM se matou com a mesma arma.
No bairro Conjunto Ceará, na zona Sul de Fortaleza, duas mulheres foram esfaqueadas enquanto bebiam com o agressor. O crime ocorreu na madrugada de sábado de Carnaval (2) em um boteco localizado na Avenida Central daquele residencial. Uma delas foi socorrida com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A outra morreu no local. O assassino fugiu. A Polícia suspeita de um crime ligado ao tráfico de drogas no bairro. A vítima não foi, ainda, identificada.
Mortas - No Bairro Boa Esperança, periferia da cidade de Trairi, no Litoral Oeste do estado (a 130Km da Capital), uma mulher identificada como Jaqueline Braga de Sousa foi morta, a tiros, juntamente com o namorado, Carlos Eduardo de Sousa. O duplo homicídio aconteceu na madrugada de domingo (4). Segundo a Polícia, os autores do crime fugiram do local em uma motocicleta e não foram identificados pelas autoridades. O motivo das mortes é desconhecido.
O quarto assassinato foi registrado na tarde de terça-feira (5), quando o corpo de uma mulher, não identificada, foi encontrado enrolado em uma rede de dormir e deixado em um matagal ao lado de uma estrada de terras entre a Praia do Cumbuco e a localidade de Águas Cristalinas, no Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Segundo a Perícia, a vítima provavelmente foi torturada antes de ser assassinada. Teve os cabelos cortados pelos assassinos, o que leva à hipótese de que se tratou de uma morta na guerra de facções.

*** Informações com Blog Fernando Ribeiro
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.8121-9041 (VIVO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket