sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Polícia Federal faz operação contra fraude milionária na venda de próteses em hospitais do Ceará


A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (14) uma nova operação em Fortaleza, batizada de “ Operação Fratura Exposta”. O objetivo de combater foi desarticular um esquema de corrupção que envolveria médicos ortopedistas vinculados funcionalmente às unidades hospitalares da rede SUS. A associação criminosa seria composta por médicos responsáveis pela requisição de produtos fornecidos por empresa importadora de material médico-cirúrgico em troca de comissões indevidas.
A fraude estaria onerando os pagamentos dos procedimentos cirúrgicos feitos pelo SUS nos seguintes hospitais: Instituto Dr. José Frota (IJF), Hospital Geral de Fortaleza (HGF) e Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC), além da Organização Social Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH), entidade contratada pelo estado do Ceará para o gerenciamento do Hospital Regional do Cariri.
Cerca de 80 policiais federais cumprem dois mandados de prisão temporária e 26 mandados de busca e apreensão e de sequestro de bens de 14 envolvidos, todos expedidos pela 11ª Vara da Justiça Federal no Ceará.
Milhões - De acordo com a investigação, que teve inicio em 2016 a partir de notícia-crime direcionada à Superintendência Regional da Polícia Federal no Ceará, a fraude compreende procedimentos cirúrgicos realizados entre os anos de 2013 e 2018. Em Nota, a PF ressalta que: “Segundo o apurado até o momento, somente entre os anos de 2013 e 2016 os investigados teriam recebido cerca de 1,8 milhões de reais em vantagens indevidas”.
Os envolvidos no golpe, cujos nomes não foram revelados pela PF, poderão responder pelos crimes de associação criminosa e corrupção ativa e passiva, cujas penas variam de dois a 12 anos, de acordo com o grau de participação de cada um.

*** Informações com Blog Fernando Ribeiro
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket