quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Ipuense é morto a tiros após discussão de trânsito com guarda civil em São Paulo; assista o vídeo

A arma de um guarda civil municipal matou um ipuense durante uma briga de trânsito que ocorreu na noite de sábado (1°), em Praia Grande, município do litoral de São Paulo. 
O desentendimento aconteceu entre o ciclista Antônio Ramos Paiva Ferreira, de 29 anos, e o motorista que estava dirigindo um Ford Fiesta. A discussão começou porque o dono da bicicleta alegou que foi fechado pelo carro, na avenida Ministro Marcos Freire.
Guardas municipais presenciaram a discussão e, após a constatação de que não houve danos no carro nem na bicicleta, pediram para os condutores irem embora. Segundo o boletim de ocorrência, o motorista do carro acatou o pedido do guarda. O ciclista, por sua vez, estava exaltado, ainda de acordo com a apuração policial, e começou a insultar o agente.
Em seguida, os guardas teriam entrado no carro, mas o ciclista foi até a porta do condutor e teria tentando agredi-lo. Ao saírem do veículo, a confusão continuou e houve disputa pela arma de fogo de um dos guardas. Ainda segundo a investigação, durante a briga a arma disparou sozinha, acertando o ciclista.
Na ocasião, foi solicitado socorro para a vítima e, assim que o resgate chegou, constatou o óbito. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande e uma testemunha foi ouvida.
A Prefeitura de Praia Grande informou, em nota, que o comando da Corporação irá apurar as circunstâncias do fato. “O guarda envolvido foi afastado para a apuração”, disse. A SSP (Secretaria de Segurança Pública) não se pronunciou.
Antônio Ramos Paiva Ferreira, conhecido como Ramires, era natural de Ipu, da localidade de Santa Tereza.
*** Informações com:  R7
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket