quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Criminosos destroem lâmpadas, danificam rede elétrica e deixam comunidades às escuras


Comunidades inteiras estão às escuras e sem reparo da rede de energia elétrica em virtude dos ataques ocorridos no Ceará desde a madrugada da quarta-feira (2). Criminosos destruíram as lâmpadas de iluminação pública na periferia de Fortaleza e danificaram a rede elétrica. Sem segurança, os veículos e funcionários da Enel, distribuidora de energia no Estado, não conseguem fazer a manutenção.
No Conjunto Jardim União, em Fortaleza, os moradores estão sem energia elétrica nas ruas e nas casas desde terça-feira (8). 
O mesmo ocorre na Rua Submarino, no Bairro Bom Jardim; além da falta de energia elétrica, os postes estão em curto-circuito, de acordo com os moradores. A Enel suspendeu o atendimento à população após ter 11 carros incendiados durante os ataques iniciados no Estado, quando criminosos passaram a incendiar ônibus, transportes escolares, veículos de prefeituras, prédios públicos e estabelecimentos comerciais na capital e no interior.
Os criminosos realizam os ataques numa tentativa de fazer com que o Estado recue de medidas contra criminosos presos, como a fiscalização da entrada de celulares nos presídios e a divisão nas unidades por facção. O Estado afirmou que não iria “recuar um milímetro”. 
Em nota, a Enel, empresa distribuidora de energia do Estado, disse que está retomando, aos poucos, os serviços de reparo e manutenção da rede elétrica.
Ainda de acordo com a empresa, no período da noite são realizados apenas atendimentos emergenciais, aquelas onde há risco de vida para a população.
Com os ataques em série, a população de Fortaleza e da Região Metropolitana sofre ainda com interrupções frequentes no transporte público, falta de coleta de lixo e com o fechamento do comércio, que já sente as vendas despencarem. 
De acordo com o Governo do Estado, 277 suspeitos foram capturados por envolvimento nos ataques e 406 agentes da Força Nacional estão atuando nas áreas mais críticas.
Serviço - Os clientes da Enel podem entrar em contato pelo aplicativo Enel Ceará, que pode ser baixado gratuitamente para iOS e Android; pelo site da companhia; pelas redes sociais – Facebook e Twitter (@enelclientesbr) ou ainda pela Central de Atendimento (0800 285 0196).

*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket