sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Açude sangra em Pedra Branca no Ceará, com as primeiras chuvas do ano

As chuvas deste fim de semana no Centro do Estado começaram a atrair a atenção dos moradores de localidades rurais de Pedra Branca. No período das 7h da manhã do sábado (5) para as 7h deste domingo (6) a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) registrou 86 milímetros na sede deste Município. O pluviômetro oficial fica instalado na Secretaria de Agricultura.
Todavia, em algumas localidades rurais foram registradas chuvas acima dos 100 mm em pluviômetros particulares. Foi o caso do Parque Guarani, a cerca de 5 km do Centro da cidade, onde choveu 102 mm. Uma barragem, como são conhecidos os pequenos açudes, sangrou, atraindo muitos visitantes no fim de semana. O açude já mantinha um volume considerável de água. As chuvas de dezembro também contribuíram.
Noutra localidade, a Cachoeira do Radário, as margens da BR 226, a águatambém voltou a correr. Mesmo assim o principal açude da região, o Trapiá II, continua com menos de 7% da sua capacidade. Podendo armazenar até 18 milhões de m³, atualmente está com 1,2 milhões de m³, o equivalente a 6,67% do total. Em maio do ano passado chegou a acumular 12,67%, mas de lá para cá, conforme dados da Cogerh, perdeu a metade desse volume.
Entretanto, a perspectiva para a quadra chuvosa deste ano na região éotimista. O coordenador da Defesa Civil de Pedra Branca, Reginaldo Souza, divulgou que as águas estão voltando a correr para o Trapiá II. Outros dois pequenos reservatórios hídricos também encheram e sangraram no domingo. Um deles foi a barragem da Santa Tereza, o outro, o açude do Sítio Oitis.
Açudes públicos
No Ceará, os 155 açudes públicos monitorados pela Cogerh acumulamatualmente 10,6% da capacidade hídrica, 1,97 bilhões de m³. Apenas dois açudes acumulam mais de 90% de água, o Germinal em Palmácia, no Maciço de Baturité, e o Jenipapo no município de Meruoca, na bacia do Acarau.
Outros 103 continuam com volume inferior aos 30%. O Carão, em Tamboril, ainda está seco. Essa também é a situação do Faé (Quixelô), Favelas (Tauá), Quincoé (Acopiara), Monsenhor Tabosa (Quixeramobim), Serafim Dias(Mombaça), Vierão (Boa Viagem), Sousa (Canindé), Nova Floresta (Jaguaribe) e o Potiretama neste Município.
*** Informações com: Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores