quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

"Maus-tratos": Cavalo agoniza em praça no bairro Luciano Cavalcante nesta quarta (26), em Fortaleza; imagem viraliza nas redes sociais.


Um cavalo foi encontrado agonizando em uma praça do bairro Luciano Cavalcante na manhã desta quarta-feira (26). O animal recebeu ajuda de moradores, que disseram ter tentado acionar Polícia, Corpo de Bombeiros e Ibama, mas não conseguiram resgate.
Ainda conforme os moradores, o animal circula pelo bairro há uma semana. A Prefeitura de Fortaleza não possui equipamento destinado ao resgate de animais de grande porte nestas condições. Em outubro, uma égua foi encontrada em situação semelhante, na Via Expressa. Na época, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) afirmou que a ocorrência não seria de competência da instituição por se tratar de animal de grande porte.
O Corpo de Bombeiros explicou que também não atua em casos como estes, já que não possui local adequado para destinar o animal. De acordo com o tenente Romário Fernandes, os Bombeiros realizam resgate de animais domésticos, selvagens ou, no caso de equinos ou bovinos, aqueles que possuam donos. “Um animal como esse, a gente não teria o que fazer com ele, não saberia para onde levar. Não temos nenhuma estrutura para cuidar de animais”, explicou Fernandes. 
Uma rede de voluntários cuidadores de animais é que costuma se mobilizar em situações como estas. No caso do equino agonizando no Luciano Cavalcante, o presidente da Sociedade Protetora Ambiental, Márcio Sousa, informou que solicitaria um veterinário voluntário. Até a publicação desta matéria, o animal continuava nas mesmas condições.

*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores