quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

"Maus-tratos": Cavalo agoniza em praça no bairro Luciano Cavalcante nesta quarta (26), em Fortaleza; imagem viraliza nas redes sociais.


Um cavalo foi encontrado agonizando em uma praça do bairro Luciano Cavalcante na manhã desta quarta-feira (26). O animal recebeu ajuda de moradores, que disseram ter tentado acionar Polícia, Corpo de Bombeiros e Ibama, mas não conseguiram resgate.
Ainda conforme os moradores, o animal circula pelo bairro há uma semana. A Prefeitura de Fortaleza não possui equipamento destinado ao resgate de animais de grande porte nestas condições. Em outubro, uma égua foi encontrada em situação semelhante, na Via Expressa. Na época, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) afirmou que a ocorrência não seria de competência da instituição por se tratar de animal de grande porte.
O Corpo de Bombeiros explicou que também não atua em casos como estes, já que não possui local adequado para destinar o animal. De acordo com o tenente Romário Fernandes, os Bombeiros realizam resgate de animais domésticos, selvagens ou, no caso de equinos ou bovinos, aqueles que possuam donos. “Um animal como esse, a gente não teria o que fazer com ele, não saberia para onde levar. Não temos nenhuma estrutura para cuidar de animais”, explicou Fernandes. 
Uma rede de voluntários cuidadores de animais é que costuma se mobilizar em situações como estas. No caso do equino agonizando no Luciano Cavalcante, o presidente da Sociedade Protetora Ambiental, Márcio Sousa, informou que solicitaria um veterinário voluntário. Até a publicação desta matéria, o animal continuava nas mesmas condições.

*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket