sábado, 17 de novembro de 2018

Mulher é espancada e encontrada morta numa carroça em Fortaleza

Uma mulher de 34 anos foi encontrada morta sobre uma carroça na Av. Francisco Sá, na Barra do Ceará, em Fortaleza. O caso ocorreu na manhã deste sábado (17), próximo à comunidade do Gueto. A polícia foi acionada e encontrou o corpo no transporte, puxado por um jumento.
Ela foi encontrada com marcas de violência. Entretanto, comunidade e polícia deram versões conflitantes sobre o caso. Enquanto testemunhas relataram que a mulher foi torturada por PMs, a políca diz que a vítima foi espancada na comunidade
Sandra Soares Bezerra era moradora do Gueto. Ela não tinha familiares em Fortaleza, segundo informaram os vizinhos. Segundo eles, a mulher foi encontrada agonizando em um galpão abandonado. As testemunhas disseram ter ouvido a vítima ser torturada, o que seria uma “prática comum” da polícia na região. “No entanto, dessa vez, a vítima não resistiu”, disse uma moradora.
Já o Comando de Policiamento da Capital (CPC) informou que a mulher foi vítima de espancamento na comunidade. Nas duas versões, o corpo da vítima foi transportado em um carrinho de reciclagem para fora da área. A polícia afirmou que Sandra Bezerra sofreu espancamento de criminosos dentro do Gueto, e que os homens teriam obrigado um carroceiro a transportar o cadáver para fora da comunidade.
Por meio de nota, a Secretaria de Segurança do Ceará disse, apenas, que a vítima foi encontrada em cima de uma carroça com uma lesão aparente no braço esquerdo. O caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
A reportagem foi até o local e encontrou a polícia, mas os agentes que atenderam a ocorrência não quiseram falar com a imprensa.
*** Informações com: G1
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores