quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Marido flagra amigo tentando estuprar esposa

Um homem, de 62 anos, foi conduzido para delegacia, suspeito de tentativa de estupro. O fato aconteceu em uma casa que fica na Vila Nossa Senhora Abadia, Bairro Nossa Senhora Aparecida em Patos de Minas. De acordo com o capitão Hebert, da Polícia Militar, o suspeito, Salomão José de Castro, que já tem passagem por estupro, teria ido até a casa da vítima, de 24 anos, por ser amigo próximo da família.
O marido da vítima disse que há aproximadamente um ano conheceu Salomão, no presídio Sebastião Satiro, e que após ele sair do sistema penitenciário, Salomão passou a freqüentar sua casa. Como a casa está em construção, Salomão ofereceu a ele gratuitamente realizar o serviço de acabamento do imóvel e que Salomão, de iniciativa própria, levava guloseimas (pão, doce, leite) para a família dele e tornou-se amigo íntimo.
O marido disse que nesta data saiu da residência por alguns instantes, deixando Salomão, a esposa, o sogro e a filha do casal, de 1 ano e 4 meses. Ao retornar para casa, encontrou a esposa sobre a cama e Salomão em cima dela.
Desesperado, o marido pulou em cima de Salomão, retirando-o de cima da esposa e o empurrou contra a parede, desferiu-lhe um soco no peito. Após o fato Salomão saiu da residência em uma bicicleta fazendo ameaças, dizendo que tinha posse de documentos que prejudicariam o esposo da vítima.
A mulher disse para os militares que após o marido se ausentar da casa, ficou sentada em uma calçada em frente à sua residência e Salomão na cozinha. Em certo momento, Salomão pediu o pai da vítima para sair e comprar cigarros.
Depois que saiu, Salomão chamou por ela e começou a falar que gostava dela como uma filha e, em ato contínuo, puxou-a e a jogou sobre a cama. Salomão retirou uma perna da bermuda e deitou sobre ela com o órgão genital para fora, tentando abusá-la. A vítima relatou ainda que Salomão passou as mãos e que só não houve penetração porque ela colocou as mãos na frente e cruzou as pernas, impedindo a consumação do fato.
A vítima falou que não gritou por socorro e não tentou empurrá-lo porque não conseguia medir forças com Salomão. Após ser preso, Salomão apresentou sua versão ao militares, disse que conheceu o casal no presídio Sebastião Satiro e, que desde que foi liberado, passou a frequentar a residência deles.
Salomão falou ainda que em um determinado dia, o esposo da vítima começou a indagá-lo se pelo fato de ele já ter sido preso pelo crime de estupro, caso tivesse algum indício ia denunciá-lo e que poderia retornar para o presido. Salomão acusou ainda o esposo de extorsão, exigindo que ele trabalhasse na obra de graça e até dinheiro para que não o denunciasse de novo, inclusive apresentou alguns depósitos bancários que fez em nome do esposo. Diante dos fatos, Salomão José de Castro, 62 anos, foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.
*** Informações com: Clube Notícia
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores