quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Marido flagra amigo tentando estuprar esposa

Um homem, de 62 anos, foi conduzido para delegacia, suspeito de tentativa de estupro. O fato aconteceu em uma casa que fica na Vila Nossa Senhora Abadia, Bairro Nossa Senhora Aparecida em Patos de Minas. De acordo com o capitão Hebert, da Polícia Militar, o suspeito, Salomão José de Castro, que já tem passagem por estupro, teria ido até a casa da vítima, de 24 anos, por ser amigo próximo da família.
O marido da vítima disse que há aproximadamente um ano conheceu Salomão, no presídio Sebastião Satiro, e que após ele sair do sistema penitenciário, Salomão passou a freqüentar sua casa. Como a casa está em construção, Salomão ofereceu a ele gratuitamente realizar o serviço de acabamento do imóvel e que Salomão, de iniciativa própria, levava guloseimas (pão, doce, leite) para a família dele e tornou-se amigo íntimo.
O marido disse que nesta data saiu da residência por alguns instantes, deixando Salomão, a esposa, o sogro e a filha do casal, de 1 ano e 4 meses. Ao retornar para casa, encontrou a esposa sobre a cama e Salomão em cima dela.
Desesperado, o marido pulou em cima de Salomão, retirando-o de cima da esposa e o empurrou contra a parede, desferiu-lhe um soco no peito. Após o fato Salomão saiu da residência em uma bicicleta fazendo ameaças, dizendo que tinha posse de documentos que prejudicariam o esposo da vítima.
A mulher disse para os militares que após o marido se ausentar da casa, ficou sentada em uma calçada em frente à sua residência e Salomão na cozinha. Em certo momento, Salomão pediu o pai da vítima para sair e comprar cigarros.
Depois que saiu, Salomão chamou por ela e começou a falar que gostava dela como uma filha e, em ato contínuo, puxou-a e a jogou sobre a cama. Salomão retirou uma perna da bermuda e deitou sobre ela com o órgão genital para fora, tentando abusá-la. A vítima relatou ainda que Salomão passou as mãos e que só não houve penetração porque ela colocou as mãos na frente e cruzou as pernas, impedindo a consumação do fato.
A vítima falou que não gritou por socorro e não tentou empurrá-lo porque não conseguia medir forças com Salomão. Após ser preso, Salomão apresentou sua versão ao militares, disse que conheceu o casal no presídio Sebastião Satiro e, que desde que foi liberado, passou a frequentar a residência deles.
Salomão falou ainda que em um determinado dia, o esposo da vítima começou a indagá-lo se pelo fato de ele já ter sido preso pelo crime de estupro, caso tivesse algum indício ia denunciá-lo e que poderia retornar para o presido. Salomão acusou ainda o esposo de extorsão, exigindo que ele trabalhasse na obra de graça e até dinheiro para que não o denunciasse de novo, inclusive apresentou alguns depósitos bancários que fez em nome do esposo. Diante dos fatos, Salomão José de Castro, 62 anos, foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil.
*** Informações com: Clube Notícia
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket