segunda-feira, 5 de novembro de 2018

Manipulação do usuário pelo controle de dados na internet é tema da redação do Enem 2018


A professora de Redação do Colégio Ari de Sá, Viviane de Souza, acredita que a discussão, apesar de estar relacionada à realidade da maioria dos estudantes, é motivo de surpresa. "Esse tema, por ser bem específico, pede a análise dos textos motivadores para ver qual direcionamento dar. Isso muda muito a perspectiva do recorte", analisa.
Segundo ela, a primeira coisa que o candidato precisa observar é que a temática não se restringe ao cotidiano dos brasileiros. "Tivemos o caso do Facebook, que vazou muitos dados de usuários em âmbito mundial e teve todo um questionamento relacionado a isso", aponta.
A professora chama atenção ainda para uma espécie de "automanipulação" a que podemos nos submeter enquanto usuários. "Quando fazemos um cadastro na internet, deixamos todo nosso perfil ali. A partir disso pode haver manipulação. A gente começa a receber e acompanhar assuntos relacionados às nossas preferências e acabamos não vendo uma realidade mais abrangente. Nós nos fechamos na bolha criada com esse perfil da rede social e isso é negativo", avalia.
Viviane lembra ainda que, em agosto, foi sancionada uma Lei de Proteção de Dados no Brasil. Daqui a um ano, os cidadãos poderão saber como empresas públicas e privadas tratam os dados pessoais: como e por que coletam, como armazenam, por quanto tempo guardam e com quem compartilham.
A aplicação do Enem 2018 começou às 13h30 (Horário de Brasília) deste domingo, 4 de novembro, em todo o país. Os participantes terão 5 horas e 30 minutos para fazer as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, com 90 questões, além da Redação.

*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket