domingo, 21 de outubro de 2018

Na primeira semana de legalização da maconha, Canadá zera estoque


A legalização do uso recreativo da maconha no Canadá, em vigor desde a última quanta-feira (17), já provocou um fenômeno: já falta erva em partes do país devido à grande procura. A maioria dos consumidores estava contente com o fim da proibição, mas alguns expressaram desapontamento por não conseguir comprar maconha.
Outros se recusaram a pagar os preços relativamente altos - variando entre 5,25 dólares canadenses (R$ 15) em Quebec a 18,99 dólares canadenses (R$ 54) em Saskatchewan por grama -, em comparação com o mercado negro, que viu o preço médio cair no ano passado para 6,79 dólares canadenses (R$ 19) por grama.
A falta de oferta em curto prazo era esperada devido à expectativa em torno da legalização da cannabis e da escassez do produto em todo o Canadá. O Canadá se tornou a primeira grande economia do mundo, e apenas o segundo país do planeta, depois do Uruguai, a legalizar o uso recreativo da maconha e embarcar no polêmico experimento na questão da política das drogas. O primeiro-ministro liberal, Justin Trudeau, defendeu a legalização, cumprindo uma promessa de campanha de 2015, com o objetivo de proteger os jovens e de acabar com o tráfico de drogas.
Uruguai - Há mais de um ano, o Uruguai vende maconha em farmácias e o projeto inicialmente rejeitado pela população tem agora mais defensores do que críticos. O país vizinho tem quase 7 mil cultivadores, 107 clubes de cooperativas de produção de cannabis e 28.500 compradores. A erva vem em pacotes de 5 gramas, ao custo de US$ 1,40 (R$ 5) a grama.

*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores