domingo, 21 de outubro de 2018

Na primeira semana de legalização da maconha, Canadá zera estoque


A legalização do uso recreativo da maconha no Canadá, em vigor desde a última quanta-feira (17), já provocou um fenômeno: já falta erva em partes do país devido à grande procura. A maioria dos consumidores estava contente com o fim da proibição, mas alguns expressaram desapontamento por não conseguir comprar maconha.
Outros se recusaram a pagar os preços relativamente altos - variando entre 5,25 dólares canadenses (R$ 15) em Quebec a 18,99 dólares canadenses (R$ 54) em Saskatchewan por grama -, em comparação com o mercado negro, que viu o preço médio cair no ano passado para 6,79 dólares canadenses (R$ 19) por grama.
A falta de oferta em curto prazo era esperada devido à expectativa em torno da legalização da cannabis e da escassez do produto em todo o Canadá. O Canadá se tornou a primeira grande economia do mundo, e apenas o segundo país do planeta, depois do Uruguai, a legalizar o uso recreativo da maconha e embarcar no polêmico experimento na questão da política das drogas. O primeiro-ministro liberal, Justin Trudeau, defendeu a legalização, cumprindo uma promessa de campanha de 2015, com o objetivo de proteger os jovens e de acabar com o tráfico de drogas.
Uruguai - Há mais de um ano, o Uruguai vende maconha em farmácias e o projeto inicialmente rejeitado pela população tem agora mais defensores do que críticos. O país vizinho tem quase 7 mil cultivadores, 107 clubes de cooperativas de produção de cannabis e 28.500 compradores. A erva vem em pacotes de 5 gramas, ao custo de US$ 1,40 (R$ 5) a grama.

*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket