quinta-feira, 27 de setembro de 2018

Corinthians vence e elimina o Flamengo da Copa do Brasil, jogão ocorrido nesta quarta (26).

E a história se repetiu. Pela terceira vez no ano, o Flamengo ficou pelo caminho na disputa de um título. Depois do Carioca e da Libertadores, ontem, quarta-feira (26-09-2018) foi a vez de o clube dar adeus à Copa do Brasil. Ontem, em Itaquera, o rubro-negro perdeu por 2 a 1 para o Corinthians, que agora vai decidir o título, que dará R$ 50 milhões ao campeão, com o Cruzeiro, que empatou em 1 a 1 com o Palmeiras, no Mineirão.
Quem esperava um jogo truncado, cheio de faltas, sem gols, como fora o primeiro, no Maracanã, se surpreendeu com os primeiros 20 minutos de bola rolando. Como o empate não servia para ninguém, as duas equipes trataram de buscar o gol desde cedo. Um pouco mais presente no ataque, foi o Corinthians quem saiu na frente. Aos 14 minutos, Jadson deu passe na medida para Danilo Avelar, que penetrava nas costas de Pará, concluir de primeira. O chute saiu mascado e acabou engando o goleiro Diego Alves, que poderia ter feito a defesa.
O Flamengo não se desesperou. E não demorou a chegar ao empate. Aos 18, Pará, que bobeara no gol do Corinthians, recebeu belo passe de William Arão, nas costas de Danilo Avelar. O lateral rubro-negro penetrou e cruzou para a área. Henrique tentou cortar e marcou contra.
Logo depois, Fágner, que já saíra machucado no jogo de ida, voltou a sentir a coxa e teve de deixar o campo. O volante Gabriel entrou improvisado. Para não ficar atrás, Diego Alves caiu no campo após sentir fisgada na coxa esquerda. Teve o local enfaixado e seguiu na partida.
Depois da parada, o Flamengo tomou a iniciativa. Foi superior, mas sem jamais ser contundente. Ficou com a bola, rondou a área, mas só deu mais um chute a gol. O Corinthians nem isso fez.
O jogo seguiu disputado palmo a palmo na etapa final. Mas com um time tecnicamente superior, o Flamengo pelo menos conseguia trocar três passes. Numa dessas triangulações, Paquetá recebeu na entrada da área e chutou para defesa de Cássio.
Aos 18, Diego sentiu dores na coxa e saiu para a entrada de Vitinho. Logo depois, Jair Ventura trocou Clayson por Pedrinho. E na primeira vez que tocou na bola, o garoto de 18 anos fez 2 a 1, aos 24, com um chute de fora da área, sem chances para Diego Alves.
Barbieri partiu então para o tudo ou nada. Tirou William Arão e pôs o atacante Lincoln. Depois tirou Henrique Dourado, um poste em campo, e entrou Marlos Moreno. No último lance do jogo, Pará acertou a trave. Agora só resta o Campeonato Brasileiro para sonhar.
Corinthians: Cássio, Fágner (Gabriel), Léo Santos, Henrique e Danilo Avellar; Douglas, Ralf, Jadson, Mateus Vidal (Araos) e Clayson (Pedrinho); Romero. Flamengo: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Réver e Trauco; Cuéllar, William Arão (Lincoln), Diego (Vitinho), Everton Ribeiro e Paquetá; Henrique Dourado (Marlos Moreno). Juiz: Ricardo Marques Ribeiro. Cartões amarelos: Douglas, William Arão, Lucas Paquetá, Marlos.
*** Informações com Jornal do Brasil
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores