segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Ceará vence o Flamengo por 1x0 neste domingo (02); uma vitória gigante, do tamanho do Maracanã.

Uma vitória gigante, do tamanho do Maracanã. Este foi o feito do Ceará ontem pela manhã ao superar o Flamengo por 1 a 0, ignorando a pressão da equipe carioca postulante ao título nacional e calando mais de 61 mil torcedores.
O gol da maiúscula vitória alvinegra foi marcado por Leandro Carvalho, aos 45 do 2º tempo, em mais uma partida muito segura defensivamente da equipe de Lisca.
Com a vitória na 22º rodada, o Vovô chegou aos 20 pontos, se recuperando da derrota no meio de semana para o Bahia no Presidente Vargas, ganhando fôlego extra na luta pela permanência na Série A. Na quarta-feira, o Vozão recebe o Corinthians, no Castelão, às 20 horas.
Já o Flamengo, que saiu vaiado pela torcida, vai ao Beira-Rio, em Porto Alegre, enfrentar o Internacional, em duelo direto pelas primeiras colocações.
O Ceará começou a partida fechadinho, esperando as ações do time da casa, como já é sua estratégia em jogos diante dos favoritos. E a exemplo da partida contra o líder São Paulo no domingo anterior, o Alvinegro se defendeu muito bem, fechando os espaços defensivos com competência, dificultando as ações do Flamengo. Vale destacar as atuações quase perfeitas do goleiro Èverson e da dupla de zaga Luiz Otávio e Tiago Alves, ganhando a maioria das disputas pelo alto e pelo chão contra os jogadores rubro-negros. Além do trio, a dupla de volantes, Edinho e Juninho, davam a sustentação necessária para a estratégia de Lisca.
Mas ainda que se defendesse bem, o Ceará teve dificuldade de ficar com a bola no início do jogo, sendo encurralado pelo time da casa, sem encaixar os contra-ataques. Assim, o Flamengo rondou perigosamente a área alvinegra nos primeiros 15 minutos, acertando o travessão com Diego e tendo um gol bem anulado marcado pelo meia.
Mas aos poucos, o ritmo do time da casa foi diminuindo e o Ceará entrou no jogo, conseguindo assustar nas escapadas em contra-ataque, criando boas chances de gol com Leandro Carvalho, Calyson e Juninho Quixadá, todas desperdiçadas.
Com o jogo mais equilibrado, o Vovô conseguiu segurar o ímpeto rubro negro e segurou o empate ao fim do 1ºtempo.
ConsagraçãoNa etapa final, a pressão flamenguista continuou, mas o time de Maurício Barbieri apostava demais em bolas levantadas para a área, com o goleiro Éverson, cortando todos os cruzamentos.
A medida que o relógio avançada, a ineficiência rubro-negra impacientava a torcida, que passou a vaiar o time, especialmente Lucas Paquetá.
Já desgastado fisicamente e sem muitas oportunidades de contra-atacar, o time do Ceará se defendeu pacientemente até a chance de ouro aparecer: aos 45 minutos, Leandro Carvalho recebeu na intermediária, deu um belo drible em Réver e arriscou de longe. A bola quicou no gramado irregular e enganou o Diego Alves, que não conseguiu evitar o gol do Vozão: 1 a 0.
Incrédulo, o Flamengo foi desesperado em busca do gol do empate nos minutos finais, ou seja, até os 50 minutos. Mas a defesa alvinegra, que vivia uma jornada perfeita, manteria o nível nos minutos finais e seguraria a histórica vitória alvinegra que calou o Maracanã e renovou as esperanças alvinegras na sequência da Série A.
Após o apito final, o mais festejado era Leandro Carvalho. O detalhe é que o atacante também teve a chance de decidir o jogo com o São Paulo no domingo anterior no Morumbi, mas dessa vez não desperdiçou a chance. "Já tinha jogado aqui contra o Flamengo, pelo Botafogo e não tive a oportunidade de marcar. Agora tive a oportunidade de marcar e ajudar o Ceará. Na situação que a gente vive, buscamos dar o máximo e sair com a vitória", declarou o herói da vitória do Vozão.
*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).
PS.: "Se algum dia você for surpreendido pela injustiça ou pela ingratidão, não deixe de crer na vida, de engrandecê-la pela decência, de construí-la pelo trabalho." (Edson Queiroz).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores