domingo, 8 de julho de 2018

Primeiras duas crianças são resgatadas de caverna na Tailândia neste domingo (08).

CHIANG RAI, TailândiaAutoridades tailandesas anunciaram na manhã deste domingo o resgate dos primeiros dos 12 meninos de uma equipe de futebol presos em uma caverna junto com seu treinador há mais de duas semanas. A perigosa operação teve início na madrugada deste sábado para domingo no Brasil, já manhã de domingo no horário local e deve levar ainda dois ou três dias para que todos sejam retirados do local onde estão refugiados na caverna parcialmente inundada.

- Dois meninos estão fora. No momento eles estão no hospital de campanha junto à caverna - afirmou Tossathep Boonthong, chefe do Departamento de Saúde de Chiang Rai e integrante da equipe de resgate, à agência de notícias Reuters. - Estamos os examinando e eles ainda não foram removidos para o hospital de Chiang Rai.
Segundo o site do jornal tailandês "Bagkok Post", um dos meninos é Mongkol Boonpiem, de 13 anos. Já o segundo ainda não foi identificado. Ainda de acordo com a publicação tailandesa, eles teriam sido levados de helicóptero para o Hospital Chiangrai Prachanukroh, na região, onde as famílias deles os aguardam.
Mais meninos também já podem ter sido resgatados. De acordo com a rede de TV americana CNN, três já saíram da caverna, enquanto a agência de notícias AFP diz que outros quatro deles chegaram à base da operação de resgate próxima à entrada da caverna, de onde saíriam à pé.
- Quatro jovens alcançaram a terceira galeria, onde fica a base de socorro, e podem sair a pé - afirmou à AFP Kongcheep Tantrawanit, porta-voz do Ministério da Defesa da Tailândia.
A operação de resgate tem a participação de cinco integrantes das forças especiais da Marinha tailandesa e 13 especialistas de nível mundial, procedentes de países com experiência em espeleologia que seguem para o local onde estão os jovens, informou mais cedo Narongsak Osottanakorn, governador da província de Chiang Rai e líder da célula de crise que está coordenando a operação de resgate, que afirmou hoje ser o "dia D" para salvar o grupo.
O trajeto na caverna de Tham Luan tem vários quilômetros e inclui passagens estreitas e trechos sob a água. A morte de um ex-mergulhador da Marinha tailandesa na sexta-feira durante uma operação de abastecimento mostra o nível de perigo da travessia. Vários dos meninos, com idades entre 11 e 16 anos, não sabem nadar e nenhum deles já praticou mergulho.
O resgate dos jovens na caverna da Tailândia - No momento, um mergulhador experiente precisa de 11 horas para fazer uma viagem de ida e volta até o local em que estão os meninos e o técnico: seis para ir e cinco para voltar, graças à ajuda da corrente. Ainda assim, as autoridades tailandesas estão otimistas quanto ao resgate. A célula de crise considera que as condições atuais para um resgate são "perfeitas", especialmente no que diz respeito ao nível da água na caverna.
- Sairão um por um. Isto vai durar dois ou três dias - afirmou Chalongchai Chaiyakorn, outro integrante da célula de crise.

*** Informações com Jornal O Globo
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket