quarta-feira, 13 de junho de 2018

"Os trens da vida"; uma história de sucesso do ipuense Gomes Farias, maior e melhor radialista esportivo da nossa atualidade.

Lá pelos meados dos anos 60 resolvi, depois de muita insistência de um primo, fazer um teste para locutor esportivo na rádio Dragão do Mar. Para minha surpresa, fui aprovado, mas precisava pegar experiência. Então, minha missão era levar um gravador de ROLO (Enorme e pesado) para o estádio, gravar minha narração e mostra-la ao diretor da rádio para que ele corrigisse meus erros. Finalmente consegui seu crivo para começar a narrar os jogos menos importantes.
Embarquei neste trem, que não era veloz nem grande, muito menos poderoso, mas era o começo. Nele eu fazia de tudo: Limpava o chão, ajudava com o carvão, fazia tudo aquilo que um aprendiz faz para aprender e crescer, finalmente virei o maquinista. Uma hora este trem ficou pequeno para meu potencial e tive que mudar de trem, para um maior e mais veloz. Embarquei então em um segundo trem, mais veloz e robusto, que me permitia ir ainda mais rápido e longe, mas este também ficou pequeno, e assim se sucederam vários trens em minha vida.
Um dia, um cidadão chamado Edson Queiroz, que tinha um trem modesto, mas muita vontade de crescer, me fez uma oferta irrecusável para ser o maquinista do trem dele. Sempre imbuído dos melhores propósitos, aceitei o desafio de assumir aquele trem (que era bem fraquinho na época) e fomos ganhando corpo.
Nos anos 80 já éramos imbatíveis. Permanecemos assim durante muitos anos, comemoramos muitas vitórias, cheguei a achar que encerraria minha carreira de maquinista naquele suntuoso, moderno, potente e veloz trem. Mas uma hora as coisas mudaram, o dono do trem morreu, os filhos dele também, e a partir daí o trem começou a tomar rumos que iam de encontro a minha filosofia. Uma hora deixei de ser o maquinista para ser o cara que jogava lenha no forno. As coisas ficaram estranhas, eu guiava e mantinha os rumos do trem, mas o maquinista era outro. Este trem tinha muita gente boa e capacitada, mas também tinha muita gente invejosa e incompetente.
Todo tipo de sucesso incomoda, comigo não foi diferente. Resignei-me. Aceitei o que me fora imposto, mas dizem que, quando Deus fecha uma porta, ele abre uma janela. Permitam-me discordar, pois no meu caso, Deus fechou uma porta e abriu um PORTÃO. Recebi um convite para ser maquinista de dois trens (Simultaneamente) e ainda participar de um terceiro. Este ultimo trem sem duvida é o mais top de todos. Faço parte agora da maior rede de rádios do Brasil ,a Jovem Pan News, além da rádio Cidade AM 860.
Neste momento ele está começando a andar, mas vai mais veloz e mais longe que qualquer outro, pois os donos do trem respeitam meus anos de experiência e meus cabelos brancos, no outro anterior também respeitavam antes, agora não mais. Quanto a bagagem, trago comigo muita coisa boa, mas a mala gigantesca de inveja deixei lá no outro trem, não a quero comigo, é muito pesada. Um grande abraço a todos.
Aguardo vocês dia 21/06/2018 para narração do jogo Ceará X Bahia pela Jovem Pan News 92,9 e Cidade AM 860 em cadeia.
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores