sexta-feira, 1 de junho de 2018

Em meio a crise, presidente da Petrobras pede demissão


O presidente da Petrobras, Pedro Parente, pediu demissão da Petrobras nesta sexta-feira (1º). De acordo com o jornal Estado de S. Paulo, Parente teve reunião com o presidente Michel Temer na manhã de hoje no Palácio do Planalto. O encontro serviria para discutir as medidas anunciadas pelo governo para baixar o preço do diesel e ajudar a acabar com a greve dos caminhoneiros. 
Quem foi Pedro Parente:
O atual presidente da Petrobras, Pedro Parente, que está levando o Brasil ao caos com sua política neoliberal sobre o preço dos combustíveis, é o mesmo que levou o Brasil ao apagão em 2001. É um gestor que cumpre à risca o receituário neoliberal.
Em 2001. Pedro Parente era ministro de Minas e Energias do governo tucano de Fernando Henrique Cardoso (FHC) e levou o país ao apagão elétrico. “Hoje, como presidente da Petrobras, levou o Brasil ao apagão de combustíveis”, disse o senador Lindbergh Farias (PT/RJ).
O apagão elétrico foi uma crise nacional ocorrida no Brasil, que afetou o fornecimento e distribuição de energia elétrica. Todo mundo teve de economizar energia elétrica. Ocorreu entre 1 de julho de 2001 e 19 de fevereiro de 2002, durante o segundo mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso.
A crise foi causada por falta de planejamento, privatização e falta de investimentos em geração de energia e receituário neoliberal, sem qualquer controle do Estado sobre o setor. Naquela época, o Brasil era forçado a fazer cortes, conviveu com blecautes, que foram apelidados de “apagões” pela imprensa.
Pedro Parente foi o Ministro-chefe do apagão elétrico em 2001 e agora é o responsável pelo apagão dos combustíveis.

***** Informações com: Notícias ao Minuto

Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket