quarta-feira, 18 de abril de 2018

Professores entram em greve e bloqueiam avenida em manifestação de Fortaleza nesta quarta (18).

Professores da rede municipal de ensino de Fortaleza entraram em grave nesta quarta-feira (18-04-2018) e realizaram uma manifestação em frente ao prédio da Secretaria de Educação (SME), no Bairro Dionísio Torres. O ato bloqueou um dos sentidos da Avenida Pontes Vieira, na altura do cruzamento com a Avenida Desembargador Moreira.
A Secretaria da Educação informou que a Prefeitura de Fortaleza permanece em diálogo com o sindicato da categoria e que foram apresentadas propostas de reajuste salarial. A pasta comunicou que cumpre com a lei, inclusive com o valor inicial da carreira acima do Piso Nacional.
A manifestação dos professores começou por volta das 9h. Os participantes colocaram cadeiras na avenida e discursaram em um carro de som na frente da SME. Cerca de duas mil pessoas participaram do ato, segundo os organizadores.
Agentes da Autaquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e da Guarda Municipal foram direcionados ao local para orientar o fluxo de veículo e realizar a segurança. Os órgão não divulgaram o número de manifestantes.
ReivindicaçõesDe acordo com Ana Cristina Guilherme, diretoria do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação do Ceará (Sindiute), a proposta de greve foi aprovada em assembleia na última quarta-feira (11). A categoria reivindica o pagamento do piso salarial, que, segundo Ana Cristina, não foi repassado conforme o previsto em lei.
"Uma lei federal estabeleceu o reajuste do piso em 6,21% a partir de janeiro, mas o prefeito descumpriu. A prefeitura só quer pagar o valor em dezembro A prefeitura só deu até agora o reajuste de 2,95%", disse Ana Cristina.
Ainda segundo de acordo com a direção do Sindiute, durante o ano de 2017 não houve reajuste para os professores municipais. Ana Cristina afirmou que os professores irão continuar com a paralisação até que haja um acordo com a prefeitura.
"Não podemos aceitar que os direitos dos professores sejam retirados. A 'Lei do Piso' é nacional e não pode ser descumprida. Isso prejudica os mais pobres e os alunos", disse Ana Cristina.
ReajustesA Prefeitura de Fortaleza se reuniu com representantes do Sindiute e apresentou propostas de reajustes, além dos 2,95% correspondente à inflação anual medida pelo IPCA. A SME informou que apresentou duas propostas para o reajuste do piso nacional do magistério de 2018 (6,81%), sendo a diferença um índice adicional de 3,75%.
As propostas também incluíam a incorporação de 11,2% da Gratificação de Regência de Classe/Permanência em Serviço, ficando em 8,8% de Regência de Classe/Permanência em Serviço; e reajuste de 10% no Auxílio Dedicação Integral (ADI).
Com o reajuste de 2,95% concedido em 2018, a remuneração média passou a ser de 4.972,82, correspondendo a um aumento de 6,99% em relação a 2017.
*** Informações com G1-CE
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores