sábado, 7 de abril de 2018

Polícia prende homem que matou e usou sangue e cinzas da vítima para pintar quadros.

Um homem foi preso acusado de ter assassinado e devorado os restos mortais de um homem na cidade de Barlovento, localizada à 2h de Caracas nessa quinta (5). Luis Alfredo Hernández González ainda usou o sangue e cinzas da vítima, um fazendeiro que estava desaparecido há dias, como tinta para pintar uma tela.
González admitiu o crime durante o interrogatório policial. Ele confirmou que desmembrou e devorou a maior parte do proprietário da fazenda. À polícia o assassino argumentou que a vítima tinha o “contratado” para executar um estranho “serviço funerário”, que consistia em “matá-lo, devorá-lo e usar seu sangue e cinzas para pintar telas”, explicou Douglas Rico, diretor do CICPC.
Na fazenda da vítima, foram encontrados restos de ossos, documentos pertencentes a pessoas de fora da propriedade e pinturas. pessoas.
*** Informações com Jornal de Brasília
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711 (TIM). Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918 (TIM) e (88) 9.9292-5553 (CLARO).

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores