quinta-feira, 26 de abril de 2018

Pelo Facebook, homem pede que matem prefeito de Crateús

Um homem morador do município de Crateús publicou na sua página pessoal do Facebook pedindo que matassem o prefeito de Crateús, Marcelo Machado (SD). A postagem foi publicada na noite de domingo (22/4), mas após a repercussão da incitação ao crime, somente nesta terça-feira, a publicação foi excluída.
Pela postagem, o homem identificado por Jorge Diego, pergunta por onde andam os criminosos da cidade e clama para que possam matar o gestor. “Queria saber cadê os q dizem ser bandidos da cidade que não enfiam uma bala na cabeça desse prefeito”, escreveu.
O município de Crateús vivencia um momento tenso, já que semana passada a Câmara Municipal aprovou a mudança de regime trabalhista para os servidores, que deixaram de ser celetistas para estatutário. A mudança, embora seja positiva, causou revolta no movimento sindical, que alega ser pior para o trabalhador, embora a legislação garanta todos os benefícios e ainda tenha acrescentado outros direitos, como a estabilidade e a licença maternidade, que foi ampliada de quatro para seis meses, sem prejuízo da remuneração.

O clima de tensão política, comum em cidades do interior do estado, acalorou o debate entre os que defendem a gestão e os que a criticam. “A oposição aproveita para fazer festa em cima de nosso protesto. Nós não somos ligados à oposição, mas eles se aproveitam da ocasião e de nossas críticas”, explica um professor da rede municipal, que pediu para não ser identificado por ser ligado ao movimento sindical.
Já o prefeito Marcelo Machado, que estava em viagem institucional à capital cearense quando a postagem ganhou notoriedade na cidade, se preocupou por sua vida. “Esta é a primeira vez que ocupo um cargo público, sempre andei pra cima e pra baixo na minha cidade, e nunca precisei passar por uma situação como esta, de ser ameaçado de morte. Nunca tive segurança nem mesmo a guarda muncipal me acompanhou quando enfrentamos greve e conflitos na gestão”, explica.
Diante da situação, amigos e parentes aconselharam ao prefeito que pedisse proteção, e que evitasse sair desacompanhado. “O seu Marcelo sempre foi um homem simples. Ele anda a pé, fala com as pessoas nas ruas, e só anda acompanhado do motorista. Pelo menos por um tempo, essa rotina precisa mudar. O que aconteceu é muito sério”, aponta um funcionário ligado ao Gabinete, que pediu sigilo.
O Chefe de Gabinete do prefeito, o advogado Lourismar Gomes afirmou que as medidas legais cabíveis foram tomadas para resolver a situação. “Tanto a Polícia, quanto o Ministério Público, quanto à Guarda Municipal foram acionadas. Não é aceitável que as pessoas que trabalham para uma gestão sejam ameaçadas gratuitamente”, destaca.
Uma comerciante, que pediu para sua identidade ser preservada, acredita que a publicação tomou uma proporção de forma desnecessária. “Acho que o rapaz fez por brincadeira, para insultar os defensores do prefeito e nunca imaginou que fosse chegar onde chegou. Ele deve estar arrependido”, diz.
“Mas é perigoso porque uma pessoa de mau espírito pode ler a publicação e se sentir encorajada a fazer alguma coisa errada… Deus me livre”, benze-se e reconhece o erro cometido pelo rapaz.
***** Informações com: Portal Sertões
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket