quarta-feira, 28 de março de 2018

Estado do Ceará registra 21 ataques terroristas a ônibus e prédios em 4 dias, sábado (24) até terça (27).

Chegou a 21 o número de ataques criminosos registrados no Ceará, em apenas quatro dias. A onda de ataques, que teve seu auge no sábado (24-03-2018) e arrefeceu ontem, terça-feira (27-03-2018), teria sido motivada pela possibilidade de bloqueadores de sinal telefônico serem instalados nos presídios do Estado. O Governo do Estado atribui a violência à forte reação policial nas últimas ocorrências.
As últimas ações criminosas foram registradas na noite da última segunda-feira (26) e no fim da tarde de ontem, em Fortaleza. Anteontem, um ônibus da linha 206 - Padre Andrade/Antônio Bezerra foi interceptado e incendiado por uma quadrilha, no bairro Floresta, conforme informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). "Oito suspeitos chegaram ao local e atiraram para cima, forçando a parada do coletivo. No momento em que o veículo parou, os homens atearam fogo", informou a Pasta.
A Polícia Militar foi acionada e iniciou as diligências pela região. Em uma rua próxima, dois suspeitos foram abordados por policiais e reagiram, iniciando uma troca de tiros. A dupla fugiu por um matagal e deixou dois rifles calibre Ponto 44 caírem, sendo apreendidos. A SSPDS ressaltou que a Polícia segue investigando e realiza diligências em busca dos criminosos.
Ainda na segunda (26), uma câmera de videomonitoramento da Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) foi alvejada, no bairro Jangurussu. De acordo com a assessoria de comunicação do órgão, o equipamento foi recolhido e estava sendo trocado, durante o dia de ontem. No fim da tarde de ontem, três adolescentes tentaram atear fogo em um ônibus no bairro Genibaú, mas Segundo a Secretaria da Segurança, os infratores não conseguiram e fugiram do local.
As outras 18 ocorrências aconteceram no fim de semana. Seis ônibus foram queimados na Capital, sendo um na Avenida Leste Oeste; dois na Praça Coração de Jesus e um na Avenida Imperador, no Centro; um na Avenida G do bairro Vila Velha; e um na Avenida Perimetral, no José Walter. Outros dois coletivos foram alvejados a tiros, na Praia do Futuro e na Messejana.
Prédios institucionais também se tornaram alvos dos criminosos. Seis estabelecimentos registraram incêndios: a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) em Sobral; a Secretaria Executiva Regional IV da Prefeitura de Fortaleza, no bairro Serrinha; um depósito de veículos da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) de Cascavel; duas torres de telefonia na Capital (nos bairros Jardim Iracema e Lagoa Redonda); e em um veículo estacionado defronte ao 20° DP (Acaracuzinho), da Polícia Civil.
O crime organizado efetuou disparos contra quatro prédios: a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), no Centro de Fortaleza; a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), na Vila União; o 18ª Unidade do Juizado Especial, no Conjunto Prefeito José Walter; e uma agência bancária do Itaú, situada no Parque Manibura.
ReuniãoO governador Camilo Santana reuniu todos os comandantes das Áreas Integradas de Segurança (AIS), ontem, para avaliar as estratégias de combate à criminalidade, nos últimos dias. O trabalho policial resultou na prisão de sete suspeitos de participarem das ações criminosas e na morte de três homens que atacaram o prédio da Sejus.
A decisão do governador foi de que a Polícia Militar aumente o efetivo nas ruas e pague horas extras aos PMs. "A minha determinação é a Polícia intensificar cada vez mais suas ações. O trabalho de Inteligência tem atuado e já conseguiu antever muitas ações, com a prisão de criminosos e apreensão de armas", destacou Camilo Santana.
"Não é a única solução", diz SSPDS sobre bloqueadoresA instalação de bloqueadores de sinal telefônico em unidades prisionais, que teria motivado a última sequência de ataques criminosos no Estado, foi comentada ontem pelo Governo do Estado. Durante evento de inauguração do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) e videomonitoramente em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, comentou que instalar bloqueadores "não é a única solução".
Segundo Costa, existe um conjunto de ações necessárias a serem feitas para inibir as ações ilícitas: "a gente tem a decisão judicial, o governador já disse que vai ser cumprida. Nenhum presídio federal tem bloqueador. É uma medida, não a única medida", disse ressaltando que em algum momento os aparelhos devem ser colocados.
Quando questionado sobre o terror instaurado no Estado devido aos últimos ataques e acerca da instalação de bloqueadores de sinal telefônico nos arredores dos presídios, o governador do Ceará, Camilo Santana, também presente no evento, se limitou a dizer que "todas as estratégias fazem parte das decisões internas da Secretaria da Segurança Pública".
Para Camilo Santana, o reforço de policiamento ostensivo nas ruas aliado à Inteligência deve frear as afrontas. "A nossa determinação é pulso forte, com todo rigor. Colocar toda a equipe da Segurança Pública para garantir a tranquilidade da população", reforçou. Acerca dos incêndios nos coletivos, de acordo com o secretário da SSPDS, a Polícia permanecerá realizando rondas nos principais corredores urbanos e saturações nas áreas de maior risco, como os pontos finais dos coletivos.
*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores