sábado, 24 de março de 2018

Câmara barra novo pedido de afastamento do prefeito de Uruburetama acusado de estuprar pacientes

Mais uma vez a Câmara de Uruburetama suspende leitura do pedido de afastamento do prefeito José Hilson de Paiva, do PCdoB, acusado de abuso sexual. É o segundo projeto de iniciativa popular enviado em uma semana. O primeiro nem chegou a ser lido na sessão do último dia 15, que foi rejeitado por que o solicitante possuía condenação na Justiça. A base aliada conseguiu barrar pela segunda vez nesta última quinta-feira (22-03-2018).
O pedido de afastamento do prefeito foi feito por uma das vítimas do suposto abuso sexual cometido por ele durante consultas ginecológicas. De acordo com o presidente da casa, Ricardo Guimarães (Solidariedade), a leitura foi suspensa por tempo indeterminado, pois para análise do pedido seria preciso a instalação de uma CPI para investigar as denúncias.
A casa possui outras comissões que investigam denúncia contra outros vereadores e, por isso, o regimento interno não permite o funcionamento de uma terceira. Sendo assim, a denúncia contra José Hilson de Paiva teria que esperar.
“Essa casa, o presidente, tomou uma posição, como já vem sempre. De acordo com o protocolo da casa, não posso começar de trás pra frente. Estou aqui tomando a decisão que o protocolo é de acordo com a chegada a esta casa”, disse Ricardo Guimarães.
Jean Serra (PP), vereador de oposição, diz que as comissões foram criadas somente para atrasar o afastamento do parlamentar. Na Câmara de Uruburetama são 11 vereadores: seis da base aliada, e cinco da oposição.
VEJA AS MATÉRIAS RELACIONADAS:
# "Bafafá": Imagens mostram prefeito de Uruburetama fazendo sexo em Posto de Saúde da Família. Assista ao vídeo.
# Mulher denuncia ter sido abusada por Dr. Hilson, médico e prefeito de Uruburetama. Assista ao vídeo
“Infelizmente foi barrado numa atitude desnecessária para que não viesse o senhor prefeito fazer sua defesa. Estava eu, curioso, muitos me perguntam: qual a tua decisão? Quando analisar acusação e defesa dou minha decisão. Mas, pelo visto, estão criando situações para que não seja colocado esse processo pros vereadores analisarem”, avaliou o vereador da oposição.
O vereador Alexandre Nery, do PPS, acredita que é mais uma manobra da prefeitura. Ele denuncia que há um trabalho por parte do prefeito José Hilson e de sua esposa, Maria das Graças, ex-prefeita, para barrar o afastamento. Inclusive, com troca de favores.
“Sempre sou da premissa de quem não deve, não teme. E o prefeito tá temendo demais. Semana passada, fez uma debandada na casa para que não fosse lida a denúncia contra ele. Denúncia de popular, de cidadão… Passada essa semana, outra manobra para que não fosse lido. E a senhora primeira-dama ofertando coisas aos vereadores… Secretarias, benfeitorias, empregos…”, alarmou o vereador.
José Hilson de Paiva, prefeito de Uruburetama pelo PCdoB, é suspeito de estuprar pelo menos três pacientes, já que ele também é médico. O consultório funcionava na própria casa do gestor. Ele continua exercendo as atividades normalmente.
Sob sigilo, a Promotoria de Justiça da Comarca de Uruburetama está conduzindo investigação para reunir elementos e apurar responsabilidades civis e criminais do prefeito da cidade.
*** Informações com Tribuna do Ceará
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket