terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Morador aproveita chuva para "passear" de bote em rua alagada de Caucaia.

O mecânico Francisco Marques aproveitou a intensa chuva que banha a Região Metropolitana desde a manhã desta segunda (12), para fazer uma brincadeira em um ponto de alagamento na avenida Ulisses Guimarães, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. Marques circulou na via utilizando um pequeno bote. 
De acordo com o mecânico, o ponto de alagamento existe há mais de duas décadas e todo ano causa problema aos moradores da região de Iparana, onde fica a avenida. Francisco, inclusive, é um dos residentes que se sente prejudicado com o problema. 
Em janeiro do ano passado, a mesma situação foi registrada. Segundo Francisco, a brincadeira é repetida há três anos "para alertar as autoridades sobre o problema", explicou. 
A via, dá acesso às praias conhecidas em todo o Estado, como Tabuba e Icaraí.
Em nota, a Prefeitura de Caucaia comentou o assunto. Leia a íntegra: - A Prefeitura de Caucaia informa que já executou serviços de limpeza dos bueiros da avenida Ulisses Guimarães e constatou que construções irregulares estão fechando a passagem da água. É essa a causa dos alagamentos. O problema será solucionado quando uma nova estrutura de escoamento for construída. Para isso, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra) já está elaborando um projeto. Nas próximas semanas, técnicos da pasta farão um levantamento topográfico da região e definirão qual vazão deve ser implementada no perímetro para novos alagamentos não ocorrerem.
Perigo - Apesar de parecer divertida, a brincadeira é muito perigosa para a saúde humana. De acordo com um levantamento do Ministério da Saúde referente a 2005, mais de 3.600 casos de leptospirose foram registrados na época. A doença é causada pela bactéria leptospira, transmitida pela urina do rato, que frequentemente está presente nas águas acumuladas. Os sintomas são febre, dor de cabeça, fraqueza e dores no corpo. 
A febre tifóide, causada pela bactéria salmonela, é outra doença que pode ser adquirida com no contato com água acumulada. A doença pode causar óbito, caso não seja tratada adequadamente. 
As águas da chuva ainda trazem o risco de hepatite viral tipo A. Embora os sintomas se pareçam com o de uma gripe comum (fraqueza e mal-estar), são doenças diferentes. O paciente pode ficar com olhos e pele amarelados. De acordo com o infectologista Boaventura Queiroz, a população pode se prevenir deste tipo de gastrenterite viral por meio de vacinação.
*** Informações com CNEWS
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores