domingo, 18 de fevereiro de 2018

Fortaleza tem a maior chuva de 2018; 98 municípios registram precipitação

A chuva deste fim de semana começou em 98 municípios cearenses, em todas as oito regiões climatológicas do Estado. Em Fortaleza, foi o maior evento de 2018, com 75 milímetros, das 7 horas de sexta-feira até as 7 horas de ontem, de acordo com dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A Defesa Civil do Município identificou sete ocorrências, sendo duas residências alagadas e cinco riscos de desabamento. No Sertão Central e dos Inhamuns, que mais demandam precipitações, 21 dos 22 municípios que compõem as regiões também tiveram chuva.
Apesar do maior registro na Capital, o coordenador de Proteção da Defesa Civil de Fortaleza, Cristiano Ferrer, explicou que o volume de água foi distribuído ao longo de 24 horas, o que ameniza possíveis danos. Conforme ele disse, entre as ocorrências, casas onde a água pode ter invadido através de ralos e bueiros; e rachaduras identificadas pelos moradores de forma preventiva. Os registros foram localizados nas Regionais II (4 ocorrências), V (2) e VI (1).
“O que mais afeta é quando chove em municípios de fora e a Cidade recebe mais água pelos rios Maranguapinho e Cocó. E hoje essas águas estão sendo mais contidas por meio de duas lagoas de contenção”, detalha Cristiano. Após obra de drenagem e requalificação no Maranguapinho, conforme o coordenador da Defesa Civil, houve redução de 90% das ocorrências nas áreas de risco, comparando 2017 a 2016.

Fortaleza possui 84 áreas com este perfil, um pouco menos do que há uma década, quando havia cerca de 90. Há ainda 89 vias com histórico de alagamentos e 140 rios, lagoas e canais que precisam de monitoramento e limpeza para evitar enchentes. O coordenador das Regionais de Fortaleza, Renato Lima, explica que a baixa redução das áreas de risco deve-se à criação de novas ocupações.
“Como não choveu muito nos últimos anos, surgiu no imaginário das pessoas existência de terras novas e elas passaram a construir nesses locais. Sem saber que eram inundáveis”. Nesta semana, a Prefeitura promete lançar um plano de recuperação da malha viária, com intervenções onde o asfalto é mais atingido pelas chuvas.
A região Jaguaribana foi a que concentrou maior volume de chuvas entre sexta-feira, 16, e ontem. Aracati teve a maior precipitação, com 78 mm, enquanto Itaiçaba registrou 59 mm, Icó 55 mm e Jaguaribe 43 mm. Nos Sertões Central e dos Inhamuns, os municípios com mais chuva foram Iguatu (54 mm) e Arneiroz (50 mm). Para hoje e amanhã, de acordo com a Funceme, a previsão é de nebulosidade variável com eventos de chuva em todas as regiões do Estado. 
SERVIÇODe acordo com a Prefeitura de Fortaleza, situações emergenciais devem ser comunicadas pelo 190. Os moradores, porém, precisam ficar atentos às condições preventivas, com contato por meio das Regionais ou do número 156. 
*** Informações com Sara Oliveira via Jornal O Povo
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores