sábado, 17 de fevereiro de 2018

Em Ipu, equipe de Endemias se fizeram presentes na localidade de Santa Luzia investigando a morte de quatro macacos-prego. Assista ao vídeo

Na manhã desta quinta-feira (15-02-2018) a nossa reportagem do Portal de Notícias Aconteceu Ipu, na pessoa do nosso redator, radialista e blogueiro Afrânio Soares esteve acompanhando a equipe do Departamento de Endemias de Ipu, à frente a Coordenadora Rosana Carla em uma missão de análise de uma denúncia de quatro "Macacos-prego" encontrados mortos na localidade de pé de serra, de Santa Lucia zona rural do município de Ipu, região noroeste do Estado.
Todo desenrolar desta história começou ainda pela manhã desta quinta, quando a Coordenadora de Endemias, Rosana Carla tomou conhecimento destes fatos, e de imediato comunicou a Secretaria de Saúde do Estado, Regional de Sobral, na ocasião foi encaminhado uma equipe técnica no sentido de coletar dados e fazer uma análise aprimorada dos fatos no local desta ocorrência. Foram aproximadamente 1 hora e meia de subida de serra até o local onde estes macacos foram encontrados. Não foi possível localizar o "bando de macacos", porém, a equipe deixou todos os moradores em "alerta" sobre novas incidências, até para os cuidados com relação a Febre Amarela.
Sintomas - A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos. As primeiras manifestações da doença são repentinas: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias. A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso. A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra a febre amarela.
Prevenção - Como a transmissão urbana da febre amarela só é possível através da picada de mosquitos Aedes aegypti, a prevenção da doença deve ser feita evitando sua disseminação. Os mosquitos criam-se na água e proliferam-se dentro dos domicílios e suas adjacências. Qualquer recipiente como caixas d'água, latas e pneus contendo água limpa são ambientes ideais para que a fêmea do mosquito ponha seus ovos, de onde nascerão larvas que, após desenvolverem-se na água, se tornarão novos mosquitos. Portanto, deve-se evitar o acúmulo de água parada em recipientes destampados. Para eliminar o mosquito adulto, em caso de epidemia de dengue ou febre amarela, deve-se fazer a aplicação de inseticida através do "fumacê”. Além disso, devem ser tomadas medidas de proteção individual, como a vacinação contra a febre amarela, especialmente para aqueles que moram ou vão viajar para áreas com indícios da doença. Outras medidas preventivas são o uso de repelente de insetos, mosquiteiros e roupas que cubram todo o corpo.
Fizeram parte desta missão gloriosa: Coordenadora de Endemias, Sra. Rosana Carlos, o técnico de laboratório, Sr. Adriano e no apoio local: Daniel (agricultor), José de Paiva (agricultor), Zequinha (agricultor). Desde já agradecemos a todos pela maravilhosa acolhida da nossa reportagem de cobertura.
Na ocasião a Coordenadora conversou com o nosso redator do Portal de Notícias Aconteceu Ipu, trazendo maiores detalhes sobre essa denúncia. Acompanhe abaixo:
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores