sábado, 3 de fevereiro de 2018

Camilo Santana nega ter dito que Ceará não tinha facções criminosas

O governador Camilo Santana (PT) negou ter dito, há quase dois anos, que o Ceará não tinha facções criminosas. A declaração aconteceu (2) na Assembleia Legislativa.
EntendaEm 2016, ao ser questionado que facções criminosas do Rio de Janeiro estariam se instalando nas comunidades da periferia de Fortaleza, Camilo alegou que não iria”responder a boatos e especulações irresponsáveis”.
O Ceará News 7 foi o primeiro veículo de notícia que divulgou e defendeu, desde o início, que o Estado estava em uma guerra de facções.
Mensagem GovernamentalO governador, ainda hoje na Assembleia, reconheceu que o Ceará tem um grave problema. “Mas não cederemos jamais ao crime organizado que espalhou seus tentáculos pelo País inteiro”. Ele jogou a culpa no “comportamento inerte das instâncias federais, que não controlam as fronteiras, a entrada de armas e drogas no País”. Camilo enfatizou que o “crime não pode e não vai vencer o Estado jamais.
*** Informações com Ceará News 7
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores