quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

"Eleições 2018": Capitão Wagner é o nome da oposição para disputar o Governo do Estado

No gabinete do senador Tasso Jereissati (PSDB), reunião de lideranças da oposição no Ceará, durante a noite dessa última segunda-feira, 8, direcionou o nome do deputado estadual Capitão Wagner (PR) para a disputa ao Governo do Estado em outubro, contra o atual governador Camilo Santana (PT). Conforme apurou O POVO, a indicação vem diretamente de Tasso, que tem intenção de afastar a tese de sua candidatura e lançar outro nome, com preferência por Wagner.
Na reunião, estiveram presentes também o presidente estadual do PSDB, Francini Guedes, o deputado federal Genecias Noronha (SD), o presidente do extinto Tribunal de Contas dos Municípíos (TCM) Domingos Filho, o ex-presidente do PSDB no Ceará, Luiz Pontes, e o vice-prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa – uma das lideranças do partido de Wagner.
Segundo Francini, a discussão foi voltada para o nome de Capitão Wagner, e houve um pedido pessoal de Tasso para que seja feita uma pesquisa de intenção de votos e satisfação com o nome de Wagner, com "uma nova metodologia". "Naturalmente, depois da pesquisa é que a gente pode ver melhor. Mas foi colocado o nome do Capitão Wagner num destaque", disse o presidente do PSDB.
Wagner reconhece direcionamento da oposição para indicação do seu nome, mas pesa dificuldades e detalhes "que precisam ainda ser definidos" para confirmação de sua candidatura. "Eleição é muito difícil. Demanda planejamento. E vamos brigar contra a máquina do Governo – uma dificuldade que eu expus ao Tasso", avalia o deputado estadual.
Além das dificuldades inerentes à disputa eleitoral, há a preocupação de ficar sem mandato, compartilhada pela cúpula do PR. Wagner avalia que a disputa pela Prefeitura de Fortaleza em 2016 – onde foi superado por Roberto Cláudio (PDT) por apenas 3% dos votos válidos da Capital – se "saiu muito bem" e que as pesquisas dizem que é "um dos nomes mais fortes" na conjuntura política do Ceará.
"Ficar sem mandato pode diminuir essa força de hoje. O Tasso tem preocupação grande em relação a isso, e o direcionamento tá nesse sentido", complementa Wagner.
"A preço de hoje", diz o parlamentar, está como "candidato a deputado federal", mas, "conseguindo viabilizar um grupo forte", garante que aceitará a tarefa.
E a ordem na oposição, conforme Francini, é de fortalecimento. "Vamos essa semana, e na próxima, discutir com muita gente do interior, para ouvir lideranças de oposição. Já estamos conversando. Alguns já vieram até nós. Está uma situação boa."
*** Informações com Daniel Duarte via Jornal O Povo
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores