quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Ceará registra 51 assassinatos de mulheres em apenas 30 dias de janeiro deste ano de 2018.

Uma adolescente de apenas 13 anos de idade foi morta, a tiros, na noite desta terça-feira (30), na Rua Doutor Vale Costa, no bairro Antônio Bezerra, na zona Oeste de Fortaleza. Bruna dos Santos Cavalcante foi a 51ª mulher assassinada no Ceará em apenas 30 dias do mês de janeiro. A matança de mulheres no estado e mais uma faceta da guerra travada entre facções criminosas. A maioria das vítimas executadas era jovens e adolescentes, as “novinhas”, como o crime denomina.
Passavam poucos minutos das 22 horas quando a menina, franzina, cabelos soltos e usando vestido preto, curto, foi atingida por vários tiros disparados por bandidos que apareceram na rua em um carro ainda não identificado. Horas depois, o corpo dela foi removido pelo rabecão para o necrotério da Perícia Forense do Ceará (Pefoce). Terminava ali, de forma trágica, uma vida que mal começara.
Mas o assassinato de Bruna não foi o único do dia em que a vítima era do sexo feminino. Mais dois casos foram registrados na terça-feira. Um deles em Caucaia e o outro na cidade de Massapê, na zona Norte do estado (a 244Km de Fortaleza). Uma discussão banal entre duas funcionárias de uma escola pública daquele Município teve um desfecho sangrento. Uma delas se apoderou de uma faca e atingiu a outra. A mulher esfaqueada foi levada para o hospital da cidade, mas, morreu instantes depois. A agressora foi presa em flagrante ainda dentro da escola. Preferiu não fugir e esperou a Polícia aparecer.
Mortes - Das 51 mulheres assassinadas no Ceará em apenas 30 dias de 2018, oito delas foram fuziladas na maior chacina já ocorrida no estado, quando 14 pessoas foram mortas em uma casa de shows no bairro Cajazeiras, na madrugada do último sábado (27). Das oito vítimas, duas eram adolescentes. O massacre deixou também seis homens mortos. Todos foram atingidos a tiros de pistolas calibres 380 e Ponto 40, além de espingardas de calibre 12 (escopetas) e revólveres 38.
Dos 51 assassinatos de mulheres, 28 foram registrados na Capital, outros 14 na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) e nove no interior.
Os dois primeiros assassinatos do ano em Fortaleza tiveram como vítimas duas irmãs, meninas com idades de 15 e 16 anos. Maria Gabriela Lima Costa e Maria Erilane Lima Costa foram mortas, a tios, na madrugada da Virada do Ano, em plena Avenida Major Assis, no bairro Vila Velha, zona Oeste da cidade. O crime não foi, ainda, esclarecido. A família silencia temendo represálias dos assassinos.
*** Informações com Blog Fernando Ribeiro
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores