domingo, 26 de novembro de 2017

PGR encaminha denúncia contra Rede Globo para o Ministério Público do Rio de Janeiro.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) encaminhou ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) denúncia em que a Rede Globo é acusada de pagamento de propina na compra de direitos de transmissão das Copas do Mundo de 2026 e 2030, além de jogos da Libertadores e da Copa Sul-Americana. A procuradoria no Rio vai decidir se abre a denúncia, que foi apresentada na última quarta-feira (22) pelos partidos PT, PDT e Psol.
O Grupo Globo foi acusado de pagar propina de US$ 15 milhões, junto com a empresa mexicana Televisa, pelos direitos de transmissão via TV, rádio e internet das Copas do Mundo. O valor teria sido depositado no banco Julius Bär, na Suíça.
Em depoimento sobre o escândalo, Alejandro Burzaco, ex-homem forte da companhia de marketing argentina Torneos y Competencias SA, menciona 14 vezes o Grupo Globo, perante a juíza Pamela Chen, que comanda o caso no Tribunal do Brooklyn, em Nova York. 
O delator apontou o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo del Nero, como chefe do esquema de corrupção, mesmo na época em que a entidade era presidida por José Maria Marin.
O PT, PDT e o Psol também assinaram um documento direcionado ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em que acusam o Grupo Globo de ter ferido a lei de Defesa da Concorrência no escândalo de corrupção da Fifa.
DefesaA TV Globo afirmou à colunista que não pode "comentar sobre o que não fomos notificados ou oficialmente informados. Mas aproveitamos para reafirmar o que já dissemos, que o Grupo Globo não pratica nem tolera qualquer tipo de propina e está sempre à disposição das autoridades".
Quando o escândalo veio a público, o grupo afirmou em nota que, após "mais de dois anos de investigação" feita nos EUA, a empresa "não é parte nos processos que correm na Justiça americana".
O grupo disse ainda que conduziu "amplas investigações internas" desde que o escândalo da Fifa foi revelado, em 2015. Ainda segundo o comunicado, foi apurado que o Grupo Globo "jamais realizou pagamentos que não os previstos no contrato"
*** Informações com Jornal do Brasil
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores