quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Internautas e testemunha rebatem versão de Luana Piovani. Reveja a notícia com vídeo.

Publicações feitas por Luana Piovani e Antônia Fontenelle em uma rede social, ganharam grande repercussão e estamparam a primeira página de jornais e portais de notícias, nesta quarta-feira (18). As celebridades criticavam a segurança em Jericoacoara, por conta de uma confusão envolvendo um grupo de amigos em comum. Entretanto, as publicações receberam inúmeros comentários negativos, criticando o posicionamento das artistas. Além disto, uma testemunha que estava na mesma festa onde o conflito aconteceu, rebateu a versão apresentada pelas celebridades. 

“O cara [amigo de Piovani] foi ao banheiro e o Mukeka [apontado pela atriz como agressor] chegou para dar em cima da menina. Quando o namorado dela voltou, já chegou dando uma cotovelada e o Mukeka revidou com soco e as pessoas que estavam lá e conhecem ele também se envolveram”, disse a testemunha, que teve a identidade preservada. 
Segundo a testemunha, Mukeka não sabia que a mulher namorava e por isto se aproximou. Como ele é conhecido, quem estava na festa se aproximou para o ajudar. 
Nas redes sociais de Piovani e Fontenelle, a postura das atrizes foi criticada. “Isso é egoísmo. Esse exagero é porque foi com os amigos delas… Jeri tem gente correta, hospitaleira, acolhedora, assim como tem no Rio e São Paulo. Você não concorda?”, comentou um seguidor, na página de Luana. “Já fui umas 200 vezes e nunca aconteceu nada comigo, assim como também nunca presenciei nada com ninguém. Sempre vejo policiamento sim e pelo que acompanhei nas redes sociais, não houve nada demais, a situação foi bem diferente do que foi exposto na mídia. Acho injusto fazer esse terrorismo em relação a um lugar incrível por um evento isolado, que ocorre em qualquer lugar do mundo. Jeri é maravilhoso, superseguro e um dos melhores lugares do mundo”, escreveu outro. 
Antônia Fontenelle também publicou um vídeo na internet para defender os amigos e marcou o perfil de Mukeka. “Esse é o perfil do agressor que liderou a agressão que por pouco não acabou em morte”, escreveu. “Chega de mimimi e vem para Jeri”, respondeu um internauta. “Mais respeito por milhares de pessoas que vivem aqui e daqui tiram o seu sustento realizando o sonho de todo o Brasil e do mundo que buscam um lugar tranquilo para passar suas férias. Não use sua imagem influente em redes sociais para acabar com o nosso paraíso natural”, comentou um seguidor. 
A atriz Luana Piovani chegou a afirmar que não existe nenhum policiamento na região, mas a Secretaria de Segurança Pública do Ceará negou a informação e disse que o trabalho na região é feito por 20 policiais militares e duas viaturas permanentes do Batalhão de Policiamento Turístico, durante 24 horas por dia. 
Sobre a agressão, a Secretaria informou que a Delegacia Municipal de Jijoca de Jericoacoara está ciente do caso e policiais civis estão em investigações, no intuito de verificar a existência de imagens de câmeras na área, bem como realizar levantamentos necessários para identificar os agressores.

*** Informações com CNEWS
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket