segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Datafolha: 54% querem Lula preso e 89%, Temer processado

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (2) pela Folha de S.Paulo revela que 54% dos brasileiros defendem a prisão do ex-presidente Lula e 89% querem que o presidente Michel Temer (PMDB) seja processado. Para 40%, não há motivo para Lula ser preso. Outros 5% não opinaram. A maioria das pessoas ouvidas, no entanto, não acredita na concretização da hipótese de prisão.
Já o apoio a Temer é bem menor: somente 7% dos entrevistados se declararam contrários à aceitação da denúncia por obstrução da Justiça e organização criminosa pelo Supremo Tribunal Federal, o que só será possível mediante autorização da Câmara. Nesse caso, Temer ficaria afastado do Palácio do Planalto por até seis meses.
Ao todo, 2.772 pessoas foram ouvidas em 194 cidades, nos dias 27 e 28 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. De acordo com o Datafolha, o apoio à prisão de Lula cresce conforme aumenta o grau de instrução (69% entre os que têm nível superior e 37% entre os com nível fundamental) e a renda familiar mensal (chega a 76% no grupo mais rico e a 42% no mais pobre) do entrevistado. O índice dos que querem Lula preso é maior nas regiões Sul (61%) e Sudeste (65%), e menor no Nordeste (34%).
O ex-presidente foi condenado pelo juiz Sergio Moro a 9 anos e 6 meses de prisão, acusado de ter recebido um apartamento em Guarujá (SP) como parte de propina da construtora OAS. Ele só poderá ser preso se a sentença for confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O petista é réu em outros seis processos.
O apoio à prisão do ex-presidente cresce conforme aumenta o grau de instrução (69% entre os que têm nível superior e 37% entre os com nível fundamental) e a renda familiar mensal (chega a 76% no grupo mais rico e a 42% no mais pobre) do entrevistado.
Também é maior nas regiões Sul (61%) e Sudeste (65%) que na Nordeste (34%), onde os índices de popularidade do petista são mais altos. Em todos os grupos, no entanto, prevalece a opinião de que Lula não será preso ao fim das investigações (66%).
Temer é acusado de dar aval ao empresário Joesley Batista para comprar o silêncio do ex-deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso em Curitiba. Ainda segundo a Procuradoria Geral da República, o presidente participava de uma organização criminosa, integrada por outros integrantes da cúpula do PMDB. De acordo com a denúncia, o grupo desviou R$ 587 milhões por meio de propina.
A pesquisa também mostra divisão dos brasileiros em relação ao futuro dos efeito da Lava Jato. Com empate técnico, 44% acreditam que a corrupção vai diminuir após a operação. Outros 44% apostam que os desvios continuarão na mesma proporção. Para 9%, os crimes dessa natureza aumentarão nos próximos anos.
Na avaliação de 62%, a corrupção é mais nociva do que a incompetência dos governos. Um percentual maior – 74% – rejeita a tese do “rouba mas faz”. Para esses, a corrupção é inaceitável mesmo que o administrador faça um bom trabalho.
*** Informações com Congresso em Foco via Folha de São Paulo
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores