quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Caminhoneiro que atropelou casal e matou estudante vai responderá por homicídio e pode pegar até 30 anos de cadeia

Continua preso na carceragem da Delegacia metropolitana de Maracanaú (DMM), na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), o caminhoneiro paulista Fernando Aparecido Delfino, 39 anos, natural de Bebedouro (SP). Ele foi preso em flagrante e indiciado em inquérito por crime de homicídio doloso (quando há intenção de matar) após provocar um acidente de trânsito no fim de semana. Ele teria atropelado propositadamente com o “cavalinho” de sua carreta um casal em uma motocicleta. A garupeira, uma jovem de 20 anos, acabou morrendo.
O crime aconteceu na Rua Estevão Alves, no Distrito de Pajuçara, em Maracanaú. Segundo as primeiras informações colhidas pela Polícia, após uma rápida discussão no trânsito, o caminhoneiro decidiu perseguir o casal que estava em uma motocicleta, com o qual havia se desentendido. A briga de trânsito resultou numa perseguição do caminhoneiro ao casal.
VEJA A MATÉRIA RELACIONADA:
Ao encontrar a moto e seus ocupantes na Rua Estevão Alves, o caminhoneiro teria provocado de forma propositada a colisão. A estudante e modelo Andreza da Silva Barros, que acompanhava o namorado Josa Jônathas Paixão (piloto da moto) morreu na hora. Ela teve ferimentos gravíssimos e faleceu antes da chegada de socorristas do Samu. O corpo foi encaminhado à Perícia Forense (Pefoce).
Fuga e prisão - Após o acidente, o caminhoneiro abandonou a carreta e fugiu, mas foi detido pela Polícia Militar e encaminhado ao plantão da Delegacia Metropolitana de Maracanaú. Ele foi encaminhado à Pefoce para exame etílico. A Polícia não revelou o resultado, mas no Boletim de ocorrências da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), na internet, o caso foi qualificado como homicídio.
Em entrevista a uma emissora de TV local, Josa Jônathas negou ter se envolvido em uma briga de trânsito com o caminhoneiro. Ele sofreu ferimentos leves.
O corpo da estudante Andreza foi examinado pelos legistas da Coordenadoria de Medicina Legal (Comel) e liberado para sepultamento na manhã desta segunda-feira (9).
*** Informações com Blog Fernando Ribeiro
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores