sexta-feira, 15 de setembro de 2017

O Ipuense Clodoaldo diz que o Leão está pronto para o acesso.

Nunca é tarde para reparar um erro do passado. Mesmo que as atitudes não se apaguem, sempre há uma forma para que os momentos bons permaneçam. E não há torcedor do Fortaleza que discorde que Francisco Clodoaldo das Chagas Ferreira, um ipuense de 38 anos que impressionou o futebol brasileiro nos anos 2000, gerou mais alegrias que decepções para o clube. Ele se reaproximou do Tricolor nas últimas semanas, após um hiato de 11 anos, e abriu o coração para oferecer os melhores sentimentos para ao Leão em um dos momentos mais importantes da temporada.
Em entrevista ao Diário do Nordeste, ele disse que volta para trazer a estrela que sempre o acompanhou nas decisões pelo Tricolor de Aço. "Acho que os anos que joguei no Fortaleza, sempre nas decisões Deus me iluminava, que eu pudesse fazer algo diferente junto com o grupo e buscar sempre o objetivo. Sei que não vou estar dentro de campo, mas vou estar na torcida. Tenho certeza que Deus vai abençoar esse grupo que está no Fortaleza. Tive oportunidade de conversar com eles, sei o brilho no olhar que cada um tem. Estão focados nesses dois jogos. Tenho certeza que eles vão conseguir".
O craque, ainda em atividade, mas sem clube, deu dicas de como o Tricolor pode conseguir finalmente a façanha de bater o Tupi, na decisão de 180 minutos, e garantir o tão sonhado acesso à Série B. Para ele não tem outro momento.
Clodoaldo relembrou os tempos de glória no Leão nos anos 2000, quando obteve dois acessos para Série A do Brasileiro e vários títulos.
"Eu tenho certeza que tudo é no tempo de Deus. Eu acho que o momento do Fortaleza é esse. Não querendo falar que os outros elencos não tinham qualidade, não sei o que acontecia, mas chegou o momento. Naquele grupo de 2002, não tinha vaidade. As coisas ruins a gente não deixou entrar no elenco. Sobre a partida, primeiro temos que fazer o dever de casa e ir lá fora tranquilo".
Para Clodoaldo, no momento decisivo, o atleta só deve pensar em coisas positivas para garantir o triunfo. A palavra 'derrota' não deve ser cogitada em nenhum minuto. "Quando eu jogava só em saber que o estádio estava lotado, era fantástico"
RecepçãoO baixinho confirmou presença no Castelão, sábado, às 16h, para torcer pelo time do coração. Na partida passada, contra o Moto Club, o ele já havia voltado a prestigiar um jogo do Tricolor de Aço após vários anos. O convite feito pelo clube foi aceito de prontidão após a gravação de um vídeo em que o craque pede desculpas pelos erros do passado. Clodoaldo explicou como seu deu essa aproximação.
"Fazia mais de 10 anos que eu saí do Fortaleza e eu tinha esse peso na consciência de no momento certo eu pedir desculpas. Eu deixei Deus tomar a frente. Aconteceu nesse momento, um momento especial para mim, um momento especial do Fortaleza decidir a vaga para a Série B. As coisas começaram a fluir bem. Estava tentando resolver uma situação minha no Fortaleza e acabei indo lá. Tive a felicidade de encontrar o presidente. Daí eu e presidente conversamos e surgiu a ideia do vídeo e que esse vídeo fosse colocado no momento certo", explicou.
Sobre a receptividade do pedido de desculpas, Clodoaldo garante que a torcida deu retorno positivo na partida contra o Moto Club. "Foi tudo tranquilo. Na hora que cheguei ao estádio fui bem recebido. Muitos torcedores batendo foto e me parabenizando pela minha atitude. Nas redes sociais também muita gente me perdoando, estando do meu lado. Isso para mim foi importante".
CarreiraSe encaminhando para os últimos anos como atleta profissional, Clodoaldo também analisou os erros do passado, que, apesar de muitos, não apagaram o talento do ipuense. Foram gols magistrais, dribles desconcertantes, mas também polêmicas e provocações, que não o tornaram um atleta tão reverenciado como outros na história tricolor.
"Minha carreira foi espetacular. Poderia ter sido melhor se tivesse agido de outras formas. Mas já passou. O atleta tem que ter personalidade de enfrentar momentos bons e momentos ruins. Foi uma escola que ensinou de verdade o que é a vida", analisou o baixinho.
*** Informações com Diário do Nordeste
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores