terça-feira, 19 de setembro de 2017

Barbaridade: Homem chuta a barriga da esposa gravida e mata o próprio filho. assista o vídeo

Conforme uma matéria publicada na sexta-feira (15) pelo portal britânico Daily Mail, um homem foi preso e está sendo julgado acusado de violência doméstica contra a própria esposa. Segundo o portal, o incidente aconteceu em Hemsworth, West Yorkshire, na Inglaterra. O acusado de ter cometido o crime foi identificado como Stuart Samson, de 37 anos. Para a polícia ele é o principal suspeito de ter agredido a companheira que estava grávida com um chute na barriga, resultando na morte do bebê. A vítima foi identificada como Jessy Johnson, de 21 anos. Segundo informações da imprensa local, a vítima foi alertada pelos serviços sociais que ela deveria ficar longe do acusado, pois, ele era um homem muito violento.
Conforme uma matéria publicada na sexta-feira (15) pelo portal britânico Daily Mail, um homem foi preso e está sendo julgado acusado de violência doméstica contra a própria esposa. Segundo o portal, o incidente aconteceu em Hemsworth, West Yorkshire, na Inglaterra. O acusado de ter cometido o crime foi identificado como Stuart Samson, de 37 anos. Para a polícia ele é o principal suspeito de ter agredido a companheira que estava grávida com um chute na barriga, resultando na morte do bebê. A vítima foi identificada como Jessy Johnson, de 21 anos. Segundo informações da imprensa local, a vítima foi alertada pelos serviços sociais que ela deveria ficar longe do acusado, pois, ele era um homem muito violento.
Mas a vítima não se afastou e permaneceu com o homem durante a gravidez, acreditando que as coisas iam melhorar, mas não foi isso que aconteceu.
No dia 16 de abril, a vítima estava com o acusado no Alpha Club, ambos aparecem em imagens gravadas por câmeras de segurança do local. Eles estão sentados em um banco e conversando, nas imagens é possível ver com clareza o momento exato que a vítima se levanta e é chutada pelo acusado. Provavelmente, por causa da gravidez e pelo fato do chute ter sido muito forte ela logo se agacha com a mão na barriga. No vídeo, também é possível ver que no local tem várias pessoas. Segundo a vítima, após ser agredida pelo namorado, o mesmo se agachou perto dela e sussurrou no seu ouvido para ela não chamar uma ambulância. Após alguns minutos, o casal saiu do local sem chamar o socorro.
Porém, no dia seguinte, a vítima disse que não estava sentindo o bebê mexer. Em seguida ela foi para uma unidade médica. No hospital ela passou por uma avaliação bem detalhada para o caso e foi revelado que os batimentos cardíacos do bebê tinham parado e que ele estava morto. Narrando o incidente a vítima disse ao tribunal. "Pedi uma ambulância, mas Stuart me disse que os serviços sociais se envolveriam e que eles levariam o bebê de nós. Eles já me avisaram para eu ficar longe dele e eu estava com medo que eles descobrissem que eu ainda estava com ele".
Jessy relatou que conheceu o acusado quando ela ainda era uma adolescente de 16 anos, desde então começaram a namorar. A jovem disse que no começo do relacionamento as coisas estavam bem, mas ela logo percebeu que ele era uma pessoa diferente quando estava bêbado. Segundo ela, teve várias discussões com o esposo, muitas vezes ela saiu de casa, mas sempre acabava voltando.
No dia do incidente no bar, ela foi agredida com um chute na barriga pelo acusado pelo fato dela ter deixado ele sozinho no bar. O bebê nasceu em 21 de abril, mas só foi enterrado no mês de agosto pois, as investigações policiais estavam em andamento.
Samson declarou-se culpado de duas ofensas de assalto que causaram lesões corporais reais conta a vítima e foi preso por dois anos e nove meses na última quinta-feira (14). "Agora ele foi condenado, eu sinto que tenho uma justiça para ela e talvez um dia possa continuar com a minha vida. Mas eu não acho que Stuart não vai aprender nada disso. Ele nunca mais mudará”, disse Jessy.
***** Informações com: Blastingnews 
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.
Vídeo:

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores