terça-feira, 19 de setembro de 2017

Após explosões, população de Redenção precisa viajar para ter banco

Moradores, comerciantes e produtores rurais da cidade de Redenção, distante 56 km de Fortaleza, cobram uma solução para a falta de agências bancárias na cidade. As agências que existem foram atacadas e destruídas por bandidos e até estão sem funcionamento.
Sem agência bancária na cidade, a população tem que viajar 30 quilômetros para conseguir atendimento nos municípios vizinhos de Aracoiaba e Guaiuba. Na cidade de Aracoiaba, muitos comerciantes e principalmente agricultores chegam em caminhões pau de arara para sacar dinheiro ou pagar as contas.
Segundo a aposentada Francisca Pereira Lima depois do ataque contra o banco tudo ficou mais difícil. “É muito difícil pra gente ir pra outra cidade. Muito longe. A gente vai pra lá e fica numa fila tão grande. Perde o dia inteiro. Chega em casa muito cansada. Muito difícil. Sem almoço, sem nada. E com medo ainda. Morta de medo. Meus meninos tudo com medo de assalto né”, reclama.
Mesmo antes das 7h30 já é possível observar as filas em um banco de Aracoiaba. Os moradores de Redenção vão para o fim da fila, que se estende por um quarteirão inteiro. Muitas pessoas saíram às quatro, cinco horas da madrugada de outras cidades e passam boa parte da manhã nas filas.
A agricultora, Maria de Fátima da Silva Braga, conta que saiu de casa em Redenção às 4 horas. Ela diz que precisa de dinheiro urgente para poder sustentar a família. “Eu cheguei aqui às quatro horas. Para poder pegar o dinheirinho mais cedo para poder fazer as coisas que precisa. No dia 6 de setembro eu vim receber meu dinheiro. Chegou aqui o rapaz falou que não tem dinheiro. Acabou o dinheiro. Isso às 9h30”, explica.
Outro que reclama da viagem é o aposentado João Paes Braga. Além do cansaço, não há certeza de que vai sacar o dinheiro. “De lá, pra vim é difícil. Aí tem que sair cedo desse jeito? Tem que sair cedo pra pegar um transporte que venha na frente. Chega aqui mesmo 5 horas. Aí fico esperando até 8 horas pra abrir o banco. Aí não tem uma garantia de ter o dinheiro ainda”, conta.
*** Informações com G1-CE
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores