sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Barbárie: Após estuprar e se satisfazer, padrasto mata com vários tiros criança de 8 anos

Jeferson de Lima Santos, 28 anos, foi morto em confronto com a Polícia Militar na cidade de São Franscico do Conde, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), após ser acusado de estuprar e assassinar sua enteada, uma menina de 8 anos. O padrasto violentou a criança na madrugada de quarta-feira (9), na Avenida Beira Mar, no distrito de Caípe de Baixo.
A PM informou, em nota, que o confronto com o suspeito aconteceu depois que vizinhos acionaram a polícia ao terem ouvido barulho de tiros. "Quando os policiais militares da 10ª CIPM (Madre de Deus) chegaram ao local foram informados por populares que o suspeito teria estuprado a enteada de 8 anos e efetuado disparos de arma de fogo contra a vítima, que não resistiu", explicou a polícia.
As investigações indicam que ele estava morando com a mãe da menina havia oito meses. Antes de atirar na criança, ainda segundo a polícia, Jeferson havia usado cocaína. De acordo com policiais civis, Jeferson começou a falar frases desconexas e em alguns momentos dizia que a menina não o obedecia e que fazia mais por ela do que por seu filho biológico.
A menina foi morta com um tiro na cabeça na cama onde dormia. Para confirmar o estupro, o corpo está sendo periciado pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT) no Instituto Médico Legal de Santo Amaro, no Recôncavo baiano.
"Ao adentrar na casa, a guarnição foi recebida a tiros e, no revide, o criminoso caiu ao solo com um revólver calibre 38 na mão, contendo três munições deflagradas e três picotadas. Ele foi socorrido para o Hospital de Madre de Deus, onde não resistiu", completou a PM, em nota.Depois de cometer o crime, Jeferson, na fuga, invadiu uma residência vizinha e fez refém um homem de 31 anos. Ele manteve o homem com a arma apontada na cabeça até a chegada da polícia. O delegado José Edson, da 21ª Delegacia (São Francisco do Conde), informou, através da assessoria de comunicação da Polícia Civil que o homem fez uso de drogas e que quando invadiu a casa dos vizinhos obrigou eles a chamar a polícia.
Ele afirmou que tinha feito uma coisa muito ruim e que não tinha coragem de se matar. Quando os militares chegaram, aconteceu o confronto e Jeferson foi morto.
Os policiais militares apresentaram na 21ª Delegacia a arma apreendida com o autor do crime e conduziram o refém como testemunha da ocorrência. O crime será investigado pela Polícia Civil que vai instaurar inquérito para apurar o caso. Ainda conforme a Polícia Civil, a mãe da vítima ainda não foi ouvido pois continua em estado de choque por ter presenciado a morte da filha.
Jeferson tinha uma passagem pela polícia, em 2013, por porte ilegal de arma.

***** Informações com: Correio 24 horas
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores