quinta-feira, 22 de junho de 2017

Momentos de terror: Bombeiro grava vídeo ‘ilhado’ em meio a um tiroteio na favela da Maré; assista

No início da manhã desta última segunda-feira (19), o bombeiro militar Silvio Rodrigues da Silva acabou ficando em meio a um tiroteio quando se encaminhava para atender uma chamada em um CIEP no Complexo da Maré, na zona norte do Rio de Janeiro. Com medo de ser alvejado por algum disparo, ele acabou tendo que se esconder atrás de uma pilastra de um dos muitos Centros Integrados de Educação Pública (CIEP) para não ser atingido.
Enquanto a troca de tiros entre criminosos e bandidos ainda acontecia, o homem resolveu gravar um vídeo mostrando a triste realidade da cidade maravilhosa. Já a salvo do momento de desespero, ele colocou a filmagem nas redes sociais e teve milhares de visualizações e acabou reascendendo a discussão sobre a violência no Rio de Janeiro.
As gravações duram pouco mais de seis minutos, e mostram os momentos de terror vividos pelo profissional durante a troca de tiros. Nas imagens ele aparece atrás da pilastra e diz o tempo inteiro que se sair dali provavelmente será atingido por uma bala perdida, ou ser alvejado à queima rouba.
Em muitos momentos do vídeo é possível escutar a intensa troca de tiros, e o barulho é assustador. Além de ficar atrás da pilastra ele ainda senta e se deita no chão na tentativa de se proteger ainda mais. São vários minutos em que é possível ouvir incessantemente o barulho dos disparos. O bombeiro tenta se manter calmo, mas diz que o cheiro de pólvora está insuportável no local, ele afirma que não sabe como fará para sair da área, e se conseguirá sair vivo da região.
Ele ainda reitera que ‘é dessa maneira que os bombeiros têm que trabalhar no Rio’. Ele reclama nas cenas ‘tiro ta comendo, vai sair como¿ Vai fazer socorro às vítimas como¿ Se eu sair desta pilastra estou praticamente morto’. As imagens impressionam pela brutalidade. A sensação é de que se vive no Rio de Janeiro um cenário de guerra.
Ao fundo da filmagem é possível ver o caminhão do corpo de bombeiros estacionado, e a mangueira, que teoricamente serviria para poder atender à chamada e socorrer as vítimas, no chão junto ao bombeiro que não sabe como sair da situação. O homem ainda se pergunta se as pessoas que assistem da escola que àquilo tudo, se iriam pensar que os bombeiros são covardes.
Todo o resto da tropa acabou ficando presa dentro da escola, enquanto ele sozinho se viu acuado do lado de fora. Já ao final da cena é possível ver que os outros bombeiros tentam sair do CIEP e são alertados pelo que filmava a não fazerem isso sob o risco de levarem um tiro. O bombeiro mantém um canal nas redes sociais onde publica vídeos diários sobre a profissão e os desafios que enfrenta no dia-a-dia. Assista às cenas do tiroteio a seguir:
***** Informações com: News 365
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.
Vídeo:

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores