sábado, 17 de junho de 2017

Governo Cid perdoa dívida de R$ 41 mi em troca de propina para presidente da Sohidra; investigação do Ministério Público Federal.

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando o engenheiro Leão Montezuma por ter feito vista grossa para serviços não executados no valor de R$ 41 milhões na construção da Adutora Castanhão em troca de R$ 500 mil em propina. Na época, Montezuma era o superintende da Superintendência de Obras Hidráulicas (Sohidra) do então governador Cid Gomes (PDT).
Segundo o inquérito, baseado na delação de ex-executivos da Odebrecht, Leão Montezuma teria elaborado um relatório técnico constatando serviços não executados no valor de R$ 41 milhões na construção da Adutora Castanhão e, para não levar o documento adiante, solicitou R$ 500 mil em propina da empreiteira. O pagamento teria sido realizado por meio da Casa de Câmbio Mônaco, em Recife.
Confira:
*** Informações com Ceará News 7
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores