sexta-feira, 9 de junho de 2017

Empresária é condenada por receber Bolsa família indevidamente

Uma empresária do município de Lastro, no Sertão paraibano, foi condenada a devolver dinheiro por ter recebido indevidamente durante seis anos o benefício do Bolsa Família.
A mulher foi condenada a um anos e oito meses, mas teve a pena convertida em prestação de serviço comunitário. Ela também terá que devolver a quantia recebida indevidamente, que totalizando chega a 14.574,00.
A acusada vai ter que depositar também a quantia de 2 mil em uma conta destinada a entidades públicas.
Essa condenação resultou de uma ação movida pelo Ministério Público Federal, que identificou a acusada recebendo o benefício entre os anos de 2009 e 2015, sem estar enquadrada nos critérios de renda.
*** Informações com Paraiba Online
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores