sexta-feira, 9 de junho de 2017

Empresária é condenada por receber Bolsa família indevidamente

Uma empresária do município de Lastro, no Sertão paraibano, foi condenada a devolver dinheiro por ter recebido indevidamente durante seis anos o benefício do Bolsa Família.
A mulher foi condenada a um anos e oito meses, mas teve a pena convertida em prestação de serviço comunitário. Ela também terá que devolver a quantia recebida indevidamente, que totalizando chega a 14.574,00.
A acusada vai ter que depositar também a quantia de 2 mil em uma conta destinada a entidades públicas.
Essa condenação resultou de uma ação movida pelo Ministério Público Federal, que identificou a acusada recebendo o benefício entre os anos de 2009 e 2015, sem estar enquadrada nos critérios de renda.
*** Informações com Paraiba Online
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores