quarta-feira, 7 de junho de 2017

Corpo de jovem de 16 anos, é encontrado às margens de riacho, em Fortaleza. Assista ao vídeo.

Um crime bárbaro destroçou a família de Lucas Gabriel Farias Ribeiro, de apenas 16 anos. O jovem, que estava desaparecido há quatro dias, foi morto, decapitado e esquartejado por criminosos. O corpo foi encontrado em uma área de difícil acesso, às margens de um riacho no bairro Mondubim, e foi encontrado nesta última segunda-feira (5).

Apesar do avançado estado de decomposição, a mãe da vítima teria confirmado se tratar de Lucas Gabriel. Familiares da vítima foram até a sede da Perícia Forense, local para onde o corpo foi encaminhado e onde deve passar por exame de DNA.
Desaparecimento - De acordo com informações, Lucas saiu de casa para resolver um problema no seu aparelho celular, na última quinta-feira (1º). Morador do bairro José Walter, o jovem não voltou para casa e seus familiares alertaram para seu desaparecimento e deram início às buscas, através de redes sociais.
“Continuamos sem notícias do paradeiro do Lucas. Tudo o que estão compartilhando é boato. Impressionante, gente que nunca vi na vida querendo ser o primeiro a me dá a notícia da morte dele. Minha gente, respeitem a nossa dor, um momento desse não é algo a ser comunicado por estranhos pelas redes sociais. Divulguem informação só depois de confirmarem. Não tenham pressa em espalhar 'fofocas'. Deus nos permita q achemos ele com vida. Mas caso não seja da nossa vontade, peço que não compartilhem fotos”, diz uma das postagens feitas em uma página no Facebook.
Investigações - Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) informou que equipes da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações sobre o caso. Ainda de acordo com a SSPDS-CE, um homem foi detido e encaminhado para a sede da especializada.
“A Polícia Civil do Estado do Ceará informa que as investigações acerca de um corpo mutilado, que foi encontrado em um córrego, nessa segunda-feira (05), estão a cargo da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Equipes da especializada e da Perícia Forense (Pefoce) estiveram no local do crime, no bairro Mondubim, onde foram realizados os primeiros levantamentos. Em razão das lesões encontradas no cadáver, além do avançado estado de decomposição, não foi possível reconhecer a vítima. Dessa maneira, será necessário um exame de DNA para a identificação do corpo. Um homem foi detido e encaminhado para a sede da DHPP, onde foi ouvido e liberado. Diligências estão em andamento, neste momento, no intuito de identificar e prender os autores do crime”, diz a nota.

*** Informações com CNEWS
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores