quinta-feira, 1 de junho de 2017

Uma dívida de R$ 307.923,00 deixada pelo ex-prefeito Sávio Pontes acabou com o Programa do Pró-Cidadania de Ipu. Veja os documentos.

Para que os internautas que acompanham diariamente o Portal de Notícias Aconteceu Ipu, vejamos porque o Projeto do Pro cidadania acabou no município de Ipu. Nesta quarta-feira (31-05-2017) recebemos um documento do vereador Asarias Araújo (PROS), em seu teor, um Parecer Jurídico nº 3924/2016-ASJUR/SSPDS, Processo nº 8343738/2016 - Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, interessado; Prefeitura Municipal de Ipu; assunto: Pedido de retirada do nome do Município de Ipu do Cadastro de Inadimplentes de  Contratos e Convênios.
Em súmula, trata-se de pedido de exclusão do cadastro de inadimplentes de contratos e convênios do Estado feito pelo Município de Ipu-CE, a pretexto de haver ajuizado junto a Comarca local ação de indenização em desfavor do responsável pelo débito que motivou a inadimplência, no caso, o ex-gestor municipal, o Sr. Henrique Sávio Pereira Pontes, CPF (Não divulgado aqui), e RG (Não divulgado nesta matéria).
Submetido o pedido a exame da Coordenadoria do Pró-Cidadania, esta opinou pelo não acatamento ou indeferimento do pedido, pelo fato da não ter o município solicitante demonstrado haver instaurado, no âmbito administrativo, processo de Tomada de Contas Especial, nem tampouco demonstrou a haver feito a transcrição do responsável na conta de ativo "Diversos Responsáveis", para que pudesse usufruir do benefício de exclusão do cadastro de maus pagadores do Estado que cuida o art. 4º, 2º, da IN Conjunta SECON/SEPLAN/SEFAZ nº 01/2005. Realmente, concordamos com a sugestão de não acatamento ao pedido formulado pelo Município de Ipu, emitida pela Coordenadoria do Pró-Cidadania, uma vez que a medida que tomou em desfavor do responsável pelo dano causado ao erário, consistente no ajuizamento de ação indenizatória (Processo nº 750987.2016.8.06.0095) em desfavor do seu ex-gestor, Sr. Henrique Sávio Pereira Pontes, não figura dentre aquelas medidas que permitem à exclusão do nome daquele município da condição de inadimplentes junto ao Cadastro Único de Convênios, como solicita.
É a manifestação, censurável. Remeta-se ao Gabinete, com a sugestão de comunicar ao Município de Ipu a decisão que vier a ser tomada neste caso.
Assinado por: Marcondes Rodrigues Rebouças (Coordenador da ASJUR).
No outro documento, anexado ao mesmo, uma Certidão de Dívida Ativa - CDA nº 000192968/2016 no valor de R$ 307.923,00, que diz: (..) "Certificamos que em nome do contribuinte, Sr. Henrique Sávio Pereira Pontes consta a inscrição em Dívida Ativa nos Livros e Folhas deste Órgão Arrecadador. O referido débito está incisa em Ação Ordinária de ressarcimento ao erário nº 75098720168060095, sujeito a multa de 20%, juros de mora de 1% ao mês e atualização monetária.
Portanto, um dinheiro que não voltou ainda aos cofres público, e com certeza, está fazendo falta para "Segurança do Município", ou alguma outra obra que venha a beneficiar a população de Ipu. Com a palavra a "Justiça".
** Todos os documentos estão postados abaixo.
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores