segunda-feira, 22 de maio de 2017

O presidente Michel Temer desiste de pedir suspensão do inquérito no STF.

A defesa do presidente Michel Temer desistiu nesta segunda-feira de pedir a suspensão do inquérito instaurado contra ele no Supremo Tribunal Federal (STF) pelos crimes de corrupção passiva, obstrução da Justiça e organização criminosa — as acusações se basearam na delação premiada do dono da JBS, Joesley Batista. O pedido para paralisar a investigação havia sido protocolado pelos advogados do presidente no último sábado, quando o presidente fez um duro pronunciamento desqualificando as provas levantadas contra ele no processo.
Segundo a defesa de Temer, o objetivo do pedido era levar a Justiça a fazer uma perícia no áudio em que Joesley grava o presidente durante um encontro, que não consta na agenda oficial, ocorrido na noite do dia 7 de março, no Palácio do Jaburu, em Brasília. Após a movimentação da defesa e com a anuência da Procuradoria-Geral da República, o ministro do STF Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na corte, determinou a análise do material. Com isso, a defesa não viu mais razão de prosseguir com o pedido.
“À luz dessa determinação e do novo contexto fático por ele criado, a defesa avalia estar satisfatoriamente atendido seu pleito. A suspensão requerida dizia respeito apenas à necessidade de priorizar a perícia”, escreveu na petição o advogado e amigo pessoal de Temer, Antônio Cláudio Mariz de Oliveira.
Com a retirada do pedido de suspensão, a defesa agora pretende solicitar ao STF que arquive o inquérito assim que for concluída a perícia da gravação. A defesa alardeia que Temer quer encerrar a investigação o mais rápido possível. “O presidente da República é o maior interessado na rápida e cabal elucidação dos fatos”, diz a petição.
Nesta segunda-feira, os advogados do peemedebista também anunciaram que contrataram uma perícia particular para avaliar o áudio. O material está em posse da Polícia Federal, que ainda não definiu prazo para concluir a análise. Além disso, o aparelho que gravou o diálogo está nos Estados Unidos com os delatores e só deve ser entregue às autoridades nesta terça-feira. 
*** Informações com Revista Veja
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores