sexta-feira, 19 de maio de 2017

No Ceará, somente 46,88% do público-alvo se vacinou contra a gripe a 8 dias do fim do prazo

A pouco mais de uma semana do término da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe, menos da metade dos integrantes dos grupos prioritários já se vacinaram no Ceará. Balanço do Ministério da Saúde mostra que até esta quarta-feira (17) 1 milhão brasileiros se vacinaram no estado do Ceará. A vacina está disponível até o dia 26 de maio nos postos de saúde de todo o Estado.
A adesão do público-alvo no Ceará está em 43,82% entre as crianças; 48,39% trabalhadores de saúde; 51,34% gestantes; 50% puérperas; 39,6% indígenas; 47,6% idosos; e 48,31% entre os professores. Para a campanha deste ano, o Ministério da Saúde adquiriu 60 milhões de doses da vacina, garantindo estoque suficiente para a vacinação em todo o país.
Esse total considera todos os grupos com indicação para a vacina, incluindo população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e pessoas com comorbidades. O público-alvo da campanha no estado, que não considera esses grupos, é de 1,8 milhão de pessoas. Desse total, 46,88% foram vacinados até esta quarta-feira.
Em todo o país, apenas 28,7 milhões de pessoas foram vacinadas, o que representa 53% do público-alvo, formado por 54,2 milhões de pessoas. A meta, neste ano, é vacinar 90% desse público até o dia 26 de maio, quando termina a campanha. O Dia D de mobilização nacional para vacinação ocorreu no último sábado, dia 13 de maio.
“A vacina demora cerca de 15 dias para fazer efeito após aplicada, por isso é necessário que as pessoas, integrantes do público-alvo, se conscientizem e procurem os postos de saúde para se vacinarem antes do período de inverno”, explica Carla Domingues, coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.
Desde o dia 17 de abril, a vacina contra a gripe está disponível nos postos de vacinação para crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além dos professores que são a novidade deste ano.
*** Informações com G1-CE
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores