sexta-feira, 19 de maio de 2017

Joaquim Barbosa diz que 'não há outra saída' a não ser renúncia de Temer

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa afirmou nesta sexta-feira (19) que "não há outra saída" para o Brasil a não ser a renúncia do presidente  Michel Temer.
Em sua conta pessoal no Twitter, Barbosa chamou de "estarrecedoras" as gravações entregues pelo empresário Joesley Batista à Procuradoria-Geral da República.
Nos áudios, ele aparece em uma conversa com Temer na qual relata ao presidente uma sequência de crimes que vão de obstrução à Justiça, suborno de procuradores e compra de informações privilegiadas.
A gravação do empresário que fechou acordo de delação premiada mostra até tentativa de ter influência em órgãos que regulam e fiscalizam as atividades do grupo empresarial 
Ao longo do encontro, Temer ouviu tudo e não condenou os relatos de crimes do empresário em nenhum momento. Pelo contrário, em alguns trechos da conversa, o peemedebista chegou a repetir que tava "ótimo". Além disso, o presidente da República não mandou investigar nada.
"Agora vieram a público as estarrecedoras revelações do sr. Joesley Batista sobre o mesmo personagem, Temer. São fatos gravíssimos", disse o ex-presidente do Supremo.
"Não há outra saída: os brasileiros devem se mobilizar, ir para as ruas e reivindicar com força: a renúncia imediata de Michel Temer", concluiu.
Na rede social, o ministro aposentado criticou "líderes políticos, empresariais e parte da mídia" por, segundo ele, terem "minimizado" a revelação, feita por delatores da Odebrecht, que teria sido comandada por Temer na qual teria sido negociada a "compra do PMDB" por US$ 40 milhões.
"Isoladamente, a notícia extraída de um inquérito criminal e veiculada há poucas semanas, de que o sr Michel Temer usou o Palácio do Jaburu para pedir propina a um empresário, seria um motivo forte o bastante para se desencadear um clamor pela sua renúncia. Nada aconteceu, não é mesmo? Líderes políticos, empresariais, parte da mídia se incumbiram de minimizar a gravidade dos fatos", criticou Joaquim Barbosa. 
***** Informações com: G1
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores