terça-feira, 9 de maio de 2017

Bancos são notificados por falta de dinheiro nos caixas eletrônicos no Ceará.

A paciência dos correntistas acabou. Atendendo a uma série de reclamações, o núcleo de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Quixeramobim, ligado à Câmara Municipal, encaminhou notificação coletiva às instituições bancárias instadas nesta cidade.
O motivo é ausência de dinheiro nos terminais eletrônicos de autoatendimento. Conforme o Procon, o problema se agrava mais nos fins de semana e feriados. As instituições notificadas são o Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Bradesco e Caixa Econômica Federal.
O advogado do Procon, Pedro Igor Pimentel, juntamente com a coordenadora do órgão, Fátima Liduína Leite, argumentam que o serviço de abastecimento dos caixas eletrônicos se enquadra como essencial, o qual os bancos não podem deixar de efetuar, pois afeta a economia municipal e prejudica a população. Por esses motivos, o consumidor que se sentir prejudicado poderá ingressar com ação por reparação de danos.
Prazo para defesaConsiderando a legalidade e legitimidade da sua atuação em defesa dos direitos do cidadão, o Procon solicitou que as agências bancárias apresentem justificativa para a constante ausência de dinheiro nos caixas eletrônicos e que corrijam imediatamente as irregularidades encontradas. O prazo estipulado aos bancos para se manifestarem é de dois dias úteis, sob pena de abertura de processo administrativo, caso não cumpram a determinação. As notificações foram encaminhadas na quinta-feira passada.
Ainda conforme o Procon de Quixeramobim, os bancos também podem receber de advertência a multa de até 100 Unidades Fiscais de Referência (Ufirs), por cada usuário. A multa está prevista em Lei Municipal, a qual reproduz a Lei Estadual Nº 13.312.
"Temos, na cidade, uma Lei Municipal de 2015, que regula o tempo de espera e reproduz a Lei Estadual Nº 11.312, de 17 de junho de 2003, e estabelece que o período razoável de espera é até 15 minutos em dias normais e até 30 minutos em véspera ou em dia imediatamente seguinte a feriados; em data de vencimento de tributos; pagamento de vencimentos a servidores públicos e início e fim de cada mês" ressaltou Pedro Igor.
O advogado do Procon ainda informou que o órgão irá realizar fiscalizações nas agência bancárias, em parceria com o Ministério Público do Ceará (MPCE) e o Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor (Decon), com foco também na demora no atendimento das filas de bancos. O Bradesco e o Banco do Brasil são os campeões de reclamações.
Essa situação também é enfrentada em Quixadá. As reclamações de falta de dinheiro nos caixas eletrônicos e da demora nas filas são constantes.
Os correntistas até reconhecem que os bancos ampliaram o número de terminais de autoatendimento e dos espaços onde foram instalados. Mesmo assim, quando aparece um feriadão é melhor correr na véspera para realizar o saque porque dinheiro só mesmo no primeiro próximo dia útil.
A reclamação maior na cidade é contra o Banco do Brasil. Com maior número de correntistas, a instituição financeira instalou caixas eletrônicos na rodoviária, mas funcionam em situação precária. A reportagem constatou e confirmou a denuncia de alguns leitores.
RespostasSobre os caixas eletrônicos, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou que cada instituição determina seus próprios procedimentos, sem expor mais detalhes. Quanto às filas, o órgão representativo informou ser preocupação central dos bancos a prestação de serviços com qualidade. Em 2015, o total das despesas e investimentos em tecnologia somou R$ 19,2 bilhões.
Esse investimento na otimização da rede bancária ocorre mesmo com o forte crescimento das operações por meio eletrônico em detrimento das agências, que vêm perdendo participação como canal de atendimento. Em 2002, o total de transações realizadas na "boca do caixa" representavam 22,8% das operações bancárias. Em 2015, essa participação recuou para 8%, segundo dados da Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2015, explica.
Por fim, acrescentou a Federação, existe um trabalho constante, juntamente com seus bancos associados, para reduzir o tempo de espera para atendimento nas agências bancárias; seja se adequando às leis municipais que determinam o tempo de atendimento, ou estipulando tempos máximos para atendimento por meio de seu programa de autorregulação, nos municípios onde não há lei específica para o tema.
*** Informações com Diário do Nordeste


Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores