sexta-feira, 21 de abril de 2017

"Lava-jato": Depoimento de Léo Pinheiro complica Lula; ex-presidente da OAS Engenharia diz que Lula o orientou a destruir provas

O ex-presidente da OAS Engenharia, José Aldemario Pinheiro, o Léo Pinheiro, afirmou, em depoimento ao juiz Sergio Moro nesta quinta-feira (20/4), que o tríplex no condomínio Solaris, no Guarujá, pertencia do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
Lula é acusado de ter recebido R$ 3,7 milhões de propina da OAS, em valores que teriam sido pagos por meio de reformas no tríplex no Guarujá, que seria mantido como patrimônio oculto do petista. O pagamento dos recursos também teriam ocorrido por meio do armazenamento de bens do ex-presidente, de 2011 a 2016.
Em oitiva na 13a Vara Federal, em Curitiba, Léo Pinheiro disse que a OAS jamais colocou o empreendimento no Solaris à venda porque estaria garantido a Lula. O edifício pertencia à cooperativa habitacional Bancoop, que faliu e passou o controle do local à OAS.
“O apartamento era do presidente Lula. Desde o dia que me passaram para estudar os empreendimentos da Bancoop já foi me dito que era do presidente Lula e sua família e que eu não comercializasse e tratasse aquilo como propriedade do presidente”, afirmou o empreiteiro.
No depoimento, Léo Pinheiro também afirmou que o ex-presidente teria o orientado a destruir provas que pudessem incriminá-lo na operação Lava-Jato. De acordo com o empreiteiro, em diversos encontros, Lula teria perguntado de que forma ele estava efetuando os pagamentos ao PT, e Léo explicou que era por meio do ex-tesoureiro do partido João Vaccari. Em um dos encontros, Lula teria dito: “Você tem algum registro de algum encontro de contas feitas com João Vaccari com vocês? Se tiver, destrua”, afirmou o empreiteiro.
*** Informações com Correio Braziliense
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores