quinta-feira, 6 de abril de 2017

"Impunidade": Presos contratam prostituta, que fica nua e dança em plena cela em Pernambuco; assista o vídeo

Um vídeo com uma festa de detentos da Penitenciária Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, vem sendo compartilhado nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver uma mulher seminua dançando. A autenticidade do vídeo foi confirmada nesta terça-feira (4) pela Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) e pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp-PE). (Veja vídeo acima)
O vídeo compartilhado tem pouco mais de um minuto. No local, é possível ver uma televisão de tela plana e ouvir a música. Um homem aparece tirando a parte debaixo da roupa íntima da mulher, que está em pé em cima de uma cadeira, dançando cercada por homens. Ela provoca outros detentos, que gritam e tocam no corpo dela.
Quase no fim do vídeo, ela desce da cadeira e dança para um dos detentos, que está deitado. Nesse momento, outro preso bate no corpo da mulher. Além do homem que fez o vídeo, é possível ver ao menos mais um detento com o celular na mão, registrando a cena.
Segundo o Sindasp-PE, as imagens que caíram nas redes sociais foram feitas pelos próprios detentos. Pelo menos nove presos participam da festa, regada a algo que parece vinho. "O bagulho é doido", diz o detento responsável pelas imagens divulgadas.
A Seres afirmou, por meio de nota, que "após análise das imagens do vídeo, verificou que o material foi gravado no ano passado e os reeducandos e a visitante que aparecem nas imagens foram identificados". Os presos identificados vão ser transferidos e foi aberto um procedimento administrativo para investigar o caso. Além disso, a mulher deve ter a carteira de visitante recolhida.
Presidente do Sindasp-PE, João Carvalho afirma que a falta de efetivo é um dos motivos para que cenas como a do vídeo se repitam. "A falta de efetivo impossibilita a presença do Estado nos pavilhões para fiscalização e rondas, onde possibilitaria a prevenção destes ilícitos", apontou o presidente, em nota divulgada pelo sindicato.
Reincidência
No começo do ano, um vídeo, que teve autenticidade confirmada pelo Governo do Estado, mostrou uma festa de com direito a álcool e drogas realizada pelas presas da Colônia Penal Feminina do Recife, no Engenho do Meio, na Zona Oeste da cidade.
Nas imagens, é possível ouvir as detentas chamando o evento de "Bonde do Prato", em referência ao consumo de drogas, possivelmente cocaína. Na gravação, presidiárias também aparecem com celulares e tiram fotos, enquanto dançam e ouvem música. A maioria se exibe com copos na mão e o clima é de animação.
***** Informações com: G1
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918. Nosso site e nossa empresa não tem conotação política partidária com nenhum Grupo Político.
Vídeo:

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores