sábado, 8 de abril de 2017

Corpo de criança é encontrado em estado de decomposição nesta sexta (07), em Fortaleza.

O corpo de uma criança foi encontrado nesta sexta-feira (7), em avançado estado de decomposição no cruzamento entre a avenida Pontes Vieira com Via Expressa, em Fortaleza. O corpo foi encontrado com um chinelo rosa e apesar do estado em que foi encontrado, a vítima aparenta ser uma menina.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo foi encontrado por dois garis em um matagal. A vítima estava coberta de lixo, pedra e um pedaço de madeira. Devido à grande quantidade de pessoas, a área foi isolada. A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) foi acionada e o corpo foi retirado. A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros acompanham a ocorrência. 

De acordo com o delegado Levy Louzada, a mãe de Débora, Daniele Oliveira, foi orientada a não ir até o local. Ela está na sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para reconhecer os pertences encontrados com o corpo. 

Ainda segundo o delegado, a indicação da Perícia Forense é que o local não foi usado para praticar o homicídio, pois o corpo foi encontrado dentro de uma caixa de papelão. 
VEJA TAMBÉM:
Menina de 4 anos é raptada enquanto brincava na rua no Bairro Aerolândia nesta segunda (27).
Suspeita-se que a vítima seja a menina Débora Lohany de Oliveira (4), desaparecida desde 27 de março. Familiares foram ao local para tentar reconhecer o corpo, mas devido à emoção, não conseguiram permanecer. Uma familiar disse à TV Cidade que no dia em que sumiu, estava com um chinelo semelhante ao que foi encontrado hoje. 
Sede de Justiça - Na edição do Sede de Justiça desta semana, a mãe de Débora relembrou o desaparecimento da filha e negou que o sumiço da criança tem relação com o tráfico de drogas. “Isso é mentira. Quem está falando isso, não tem o que fazer”, rebateu. 
Relembre - Débora sumiu no último dia 27 de março, enquanto brincava com amigos na avenida Raul Barbosa, em Fortaleza. De acordo com o relato de testemunhas, a criança foi levada por um homem sem um dos braços para um matagal e desde então, não foi mais vista. Buscas foram realizadas pelas forças de Segurança e populares, mas nada foi encontrado. 
Esta semana, as buscas no matagal foram encerradas. Em nota, a Polícia Civil informou na época que o trabalho agora seria investigativo. Um retrato falado foi feito com ajuda de Daniele. De acordo com o relato da mãe, o suspeito sempre passava na rua pedindo dinheiro e comida. No mesmo dia em que a criança sumiu, o suspeito foi visto tentando beijar outra criança.

*** Informações com CNEWS


Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores