sábado, 8 de abril de 2017

Corpo de criança é encontrado em estado de decomposição nesta sexta (07), em Fortaleza.

O corpo de uma criança foi encontrado nesta sexta-feira (7), em avançado estado de decomposição no cruzamento entre a avenida Pontes Vieira com Via Expressa, em Fortaleza. O corpo foi encontrado com um chinelo rosa e apesar do estado em que foi encontrado, a vítima aparenta ser uma menina.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo foi encontrado por dois garis em um matagal. A vítima estava coberta de lixo, pedra e um pedaço de madeira. Devido à grande quantidade de pessoas, a área foi isolada. A Perícia Forense do Ceará (Pefoce) foi acionada e o corpo foi retirado. A Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros acompanham a ocorrência. 

De acordo com o delegado Levy Louzada, a mãe de Débora, Daniele Oliveira, foi orientada a não ir até o local. Ela está na sede da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para reconhecer os pertences encontrados com o corpo. 

Ainda segundo o delegado, a indicação da Perícia Forense é que o local não foi usado para praticar o homicídio, pois o corpo foi encontrado dentro de uma caixa de papelão. 
VEJA TAMBÉM:
Menina de 4 anos é raptada enquanto brincava na rua no Bairro Aerolândia nesta segunda (27).
Suspeita-se que a vítima seja a menina Débora Lohany de Oliveira (4), desaparecida desde 27 de março. Familiares foram ao local para tentar reconhecer o corpo, mas devido à emoção, não conseguiram permanecer. Uma familiar disse à TV Cidade que no dia em que sumiu, estava com um chinelo semelhante ao que foi encontrado hoje. 
Sede de Justiça - Na edição do Sede de Justiça desta semana, a mãe de Débora relembrou o desaparecimento da filha e negou que o sumiço da criança tem relação com o tráfico de drogas. “Isso é mentira. Quem está falando isso, não tem o que fazer”, rebateu. 
Relembre - Débora sumiu no último dia 27 de março, enquanto brincava com amigos na avenida Raul Barbosa, em Fortaleza. De acordo com o relato de testemunhas, a criança foi levada por um homem sem um dos braços para um matagal e desde então, não foi mais vista. Buscas foram realizadas pelas forças de Segurança e populares, mas nada foi encontrado. 
Esta semana, as buscas no matagal foram encerradas. Em nota, a Polícia Civil informou na época que o trabalho agora seria investigativo. Um retrato falado foi feito com ajuda de Daniele. De acordo com o relato da mãe, o suspeito sempre passava na rua pedindo dinheiro e comida. No mesmo dia em que a criança sumiu, o suspeito foi visto tentando beijar outra criança.

*** Informações com CNEWS


Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores