sexta-feira, 10 de março de 2017

"Notícia maravilhosa": Nasce a esperança; cenário muda de forma impressionante no açude do Cedro em apenas 5 dias.

Após a chuva do último domingo (5), maior do ano em Quixadá, o açude do Cedro, que antes estava totalmente seco, encheu um pouco. A situação atual do açude deu esperança e alegria aos moradores da região. Porém, a barragem continua com volume zero.
O açude está assim desde o início de dezembro de 2016, mas bem antes de ficar totalmente seco, ele já não abastece mais a população de Quixadá. No fim do ano passado, outra má notícia: mais de 400 tartarugas foram encontradas mortas.
O açude do Cedro é um dos menores do Ceará e é administrado pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh). Foi construído entre 1890 e 1906, por determinação de Dom Pedro II, e é o primeiro açude público a ser construído no Brasil.
Segundo Paulo Ferreira, gerente da bacia que o açude faz parte, a Bacia do Banabuiú, a chuva não encheu o açude o suficiente, e a profundidade não chega nem a meio metro. “Essa chuva só serviu para a água cobrir a terra, praticamente”.
A situação está assim desde 2009, quando parou de abastecer a população de Quixadá. Atualmente, o açude que abastece Quixadá é o Pedras Brancas, que fica localizado na localidade de Tapuiará.
Ainda de acordo com Paulo Ferreira, a última vez que o Cedro sangrou foi em 1975. “Sangrou pela primeira vez em 1924, depois em 1925, 1974 e a última vez foi em 1975”, esclarece.
Mas não é só o Cedro que está nessa situação, apesar das chuvas, a maioria dos açudes do Ceará não atingem ainda nem 10% da sua capacidade. O Castanhão, o maior, opera com 5,23% da capacidade; o Orós tem 10,12% da capacidade; e o Banabuiú – terceiro maior do Ceará, tem apenas 0,59%.
*** Informações com Tribuna do Ceará
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores