terça-feira, 14 de março de 2017

Ceará tem primeira morte confirmada por chikungunya nesta segunda (14).

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) confirmou nesta segunda-feira (14) a primeira morte por febre Chikungunya no Ceará em 2017. O óbito ocorreu no dia 20 de janeiro em Fortaleza. A vítima era mulher, tinha 66 anos e residia no bairro Álvaro Weyne, segundo dados do órgão. 
De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os bairros de Fortaleza com maior incidência da doença são: Mondubim (73), Serrinha (58), Itaperi (46), Maraponga (44), Antônio Bezerra (41) e Quintino Cunha (33).
Segundo a Sesa, até o momento foram diagnosticados 661 casos da doença em todo o estado. A capital é a cidade com o maior número de vítimas, com 367 pessoas infectadas pela enfermidade. 
Depois de Fortaleza, Pentecoste e Baturité seguem como as cidades cearenses com maior número de ocorrências da chikungunya, com 110 e 106 registros da doença, respectivamente. No total, 20 municípios do Ceará registraram casos da febre.
*** Informações com CNEWS
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores