terça-feira, 14 de março de 2017

Ceará tem primeira morte confirmada por chikungunya nesta segunda (14).

A Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) confirmou nesta segunda-feira (14) a primeira morte por febre Chikungunya no Ceará em 2017. O óbito ocorreu no dia 20 de janeiro em Fortaleza. A vítima era mulher, tinha 66 anos e residia no bairro Álvaro Weyne, segundo dados do órgão. 
De acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), os bairros de Fortaleza com maior incidência da doença são: Mondubim (73), Serrinha (58), Itaperi (46), Maraponga (44), Antônio Bezerra (41) e Quintino Cunha (33).
Segundo a Sesa, até o momento foram diagnosticados 661 casos da doença em todo o estado. A capital é a cidade com o maior número de vítimas, com 367 pessoas infectadas pela enfermidade. 
Depois de Fortaleza, Pentecoste e Baturité seguem como as cidades cearenses com maior número de ocorrências da chikungunya, com 110 e 106 registros da doença, respectivamente. No total, 20 municípios do Ceará registraram casos da febre.
*** Informações com CNEWS
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores