quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Ex-policial universitário agride alunos em ocupação dentro da UFCA, em Juazeiro do Norte.

Dois estudantes foram agredidos por um policial reformado, estudante do curso de filosofia, na noite desta quarta-feira (9) na Universidade Federal do Cariri (UFCA), no campus Juazeiro do Norte, no Ceará. Segundo informações da Polícia Federal, o homem é um policial aposentado. Uma estudante chegou a ser lesionada com um chute no queixo.
Segundo relato de testemunhas, o suspeito ficou irritado ao saber que haveria um sarau literário organizado por alunos, em uma das salas do campus. Ele tentou impedir a entrada do grupo no local. Durante a confusão o suspeito fez declarações homofóbicas contra um jovem que participava do movimento, conforme a UFCA .
Ainda durante a discussão, registrada em vídeo por alunos, o homem ameaça dar voz de prisão a uma estudante que se sentou no chão da área externa do local em forma de protesto. Irritado ele avançou e chutou a vítima. Em seguida ele foi controlado por seguranças.
A Polícia Militar de Juazeiro do Norte foi chamada ao local, retirou o suspeito e o levou para a Polícia Federal. Chegando ao órgão, o grupo foi informado que o caso deveria ser conduzido pela Polícia Civil.
Os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia do Crato, onde a delegada plantonista, Patrícia Sena, realiza a abertura do inquérito e os procedimentos. As imagens feitas pelos estudantes serão analisadas pela investigação.
A UFCA, em nota, informou que "todas as providências cabíveis ao caso serão tomadas, imediatamente, para que o estudante agressor responda por seus atos". (veja íntegra da nota abaixo).
No Ceará, 24 universidades federais estão ocupadas por manisfestantes. Conforme o Diretório Central dos Estudantes (DCE), o movimento é em protesto contra a lei 55 -antiga PEC 241 - e por melhorias na educação. O ato segue as manifestações de ocupação que ocorrem em vários estados brasileiros.
Leia a íntegra da nota da Universidade Federal do Cariri"Sobre o caso de agressão sofrida pela estudante Bárbara Kauany de Castro Cunha e pelo estudante Enrique Bruno Lima Martins, na noite de quarta-feira, 9 de novembro, no campus Juazeiro do Norte da UFCA, a Universidade Federal do Cariri (UFCA) vem, por meio desta, repudiar qualquer ato de homofobia e/o quaisquer violências contra gêneros e orientações sexuais dentro e fora dos campi desta Universidade. Diante disso, informamos que todas as providências cabíveis ao caso serão tomadas, imediatamente, para que o estudante agressor responda por seus atos. A UFCA dará todo o apoio necessário aos estudantes agredidos."
*** Informações com G1-CE
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores