quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Ex-policial universitário agride alunos em ocupação dentro da UFCA, em Juazeiro do Norte.

Dois estudantes foram agredidos por um policial reformado, estudante do curso de filosofia, na noite desta quarta-feira (9) na Universidade Federal do Cariri (UFCA), no campus Juazeiro do Norte, no Ceará. Segundo informações da Polícia Federal, o homem é um policial aposentado. Uma estudante chegou a ser lesionada com um chute no queixo.
Segundo relato de testemunhas, o suspeito ficou irritado ao saber que haveria um sarau literário organizado por alunos, em uma das salas do campus. Ele tentou impedir a entrada do grupo no local. Durante a confusão o suspeito fez declarações homofóbicas contra um jovem que participava do movimento, conforme a UFCA .
Ainda durante a discussão, registrada em vídeo por alunos, o homem ameaça dar voz de prisão a uma estudante que se sentou no chão da área externa do local em forma de protesto. Irritado ele avançou e chutou a vítima. Em seguida ele foi controlado por seguranças.
A Polícia Militar de Juazeiro do Norte foi chamada ao local, retirou o suspeito e o levou para a Polícia Federal. Chegando ao órgão, o grupo foi informado que o caso deveria ser conduzido pela Polícia Civil.
Os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia do Crato, onde a delegada plantonista, Patrícia Sena, realiza a abertura do inquérito e os procedimentos. As imagens feitas pelos estudantes serão analisadas pela investigação.
A UFCA, em nota, informou que "todas as providências cabíveis ao caso serão tomadas, imediatamente, para que o estudante agressor responda por seus atos". (veja íntegra da nota abaixo).
No Ceará, 24 universidades federais estão ocupadas por manisfestantes. Conforme o Diretório Central dos Estudantes (DCE), o movimento é em protesto contra a lei 55 -antiga PEC 241 - e por melhorias na educação. O ato segue as manifestações de ocupação que ocorrem em vários estados brasileiros.
Leia a íntegra da nota da Universidade Federal do Cariri"Sobre o caso de agressão sofrida pela estudante Bárbara Kauany de Castro Cunha e pelo estudante Enrique Bruno Lima Martins, na noite de quarta-feira, 9 de novembro, no campus Juazeiro do Norte da UFCA, a Universidade Federal do Cariri (UFCA) vem, por meio desta, repudiar qualquer ato de homofobia e/o quaisquer violências contra gêneros e orientações sexuais dentro e fora dos campi desta Universidade. Diante disso, informamos que todas as providências cabíveis ao caso serão tomadas, imediatamente, para que o estudante agressor responda por seus atos. A UFCA dará todo o apoio necessário aos estudantes agredidos."
*** Informações com G1-CE
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Meus seguidores