terça-feira, 1 de novembro de 2016

Cenário da estiagem: Açude Cedro poderá secar totalmente pela quinta vez em 2016. Assista aos vídeos.

O Cedro já secou totalmente em 1930, 1932, 1950 e de 1999 e tudo indica que serão repetidas as mesmas cenas em 2016. Em agosto de 2009, população e órgãos públicos decidiram em audiência que as águas do Açude do Cedro não seriam mais utilizadas pela Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), para abastecer a cidade de Quixadá. Naquela época, Quixadá já recebia água do açude Pedras Brancas, enquanto a do Cedro serviam apenas para dá suporte.
O Açude é considerado um símbolo das obras de combate aos efeitos da seca do nordeste. Com o impacto das secas dos anos de 1877/79, o Governo Imperial, no ano de 1880, solicitou ao Engº. Jules Revy o estudo das melhores áreas e respectivos boqueirões para a construção de açudes.  A barragem do Cedro teve seu   primeiro   projeto executado no ano de 1882 pelo mesmo Engº. Jules Revy. No ano de 1889, sob a direção do Engº.  Ulrico Mursa, da Comissão de Açudes e Irrigação, após cuidadosos estudos locais, foram realizadas modificações no projeto original, que obtiveram aprovação oficial do governo. Iniciaram-se, então, a 15 de novembro de 1890, os trabalhos de construção da barragem, os quais só foram concluídos no ano de 1906, já então sob a direção do Engº. Bernardo Piquet Carneiro.
No dia 11 de setembro de 2016, o portal Revista Central registrou imagens do Cedro, quase dois meses depois, o cenário já se encontra diferente. Quem passa pelo local sente a tristeza de mais uma estiagem que assola o nordestino.
O Cedro foi o primeiro açude público do Brasil e hoje é um dos 327 administrados pelo Departamento Nacional de Obras contra as Secas (Dnocs), cuja atuação abrange os estados do Nordeste e o norte de Minas Gerais.
Conforme dados do Dnocs, Em toda sua história ocorreram apenas seis sangrias. A primeira registrada foi em 1924, depois 1925, 1974, 1975, 1986 e 1989. Outra causa apontada para as poucas sangrias está no fato de que um grande número de pequenos açudes construídos à montante impedem que a água chegue até a barragem.
O Cedro já secou totalmente em 1930, 1932, 1950 e de 1999 e tudo indica que serão repetidas as mesmas cenas em 2016. Com capacidade para 125.694.000M³, atualmente só tem 0,20% de sua capacidade, e tudo indica que chegará a zero até o fim de 2016.
*** Informações com Revista Central
Acompanhe as notícias diariamente do Portal de Notícias Aconteceu Ipu pela rede social: #AconteceuIpu (Facebook da nossa redação). Entre em contato pelo whatsapp: (88) 9.9916-7711. Contrate também nosso Departamento de Marketing para cobertura de eventos pelo telefone: (88) 9.9600-1918

0 comentários:

SITES OFICIAIS E REFERÊNCIA

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SITES E PORTAIS DE NOTÍCIAS

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

RÁDIOS PARCEIRAS DO AI

Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

SEBRAE - CEARÁ

Meus seguidores